Esportes

Benfica e Olympique empatam em reencontro de Jorge Jesus e Sampaoli após 2 anos

Da Redação ·

Dois anos após disputarem o título do Campeonato Brasileiro com Flamengo e Santos, respectivamente, o português Jorge Jesus e o argentino Jorge Sampaoli voltaram a se enfrentar, desta vez com clubes europeus. No reencontro, empate entre Benfica e Olympique de Marselha por 1 a 1, em Lisboa, em estreia ruim do zagueiro Luan Peres, ex-Santos, pelos franceses.

continua após publicidade

Antes de a bola rolar, um abraço apertado entre os xarás. Se no Brasil a disputa era acirrada, neste domingo o clima foi bastante amistoso. Mesmo assim, o argentino queria "se vingar" do português, que levou a taça com os cariocas somando 16 pontos de vantagem sobre os santistas em 2019. Ainda buscava ampliar a invencibilidade do time francês nos amistosos para cinco.

Depois de ver o volante Gerson, ex-Flamengo, chegar bem, Sampaoli apostava em outro brasileiro. Luan Peres era o estreante do dia. E, de cara, foi logo atrasando um bote e cometendo pênalti que os portugueses cobraram com precisão, com Pizzi.

continua após publicidade

O treinador, para variar, reclamou muito ao longo do jogo com sua equipe em desvantagem. Chegou a bater boca com o árbitro e levou cartão amarelo. Só voltou a se acalmar quando os franceses empataram, com o gol de Payet. Segue invicto na pré-temporada, mas mais uma vez sem vitória em Portugal, pois vinha de 1 a 1 com o Braga.

Faltam poucos dias para o início da nova temporada europeia e todos estão aproveitando para observar seus elencos. O Real Madrid foi até Glasgow, na Escócia, para encarar o Rangers e saiu na frente com gol do brasileiro Rodrygo, logo no começo.

Com elenco bem rodado, porém, o novo técnico, o italiano Carlo Ancelotti, viu os escoceses buscarem a virada, com Sakala e Ittene, para ganharem por 2 a 1. Os espanhóis ainda tiveram Nacho Fernandez expulso.

continua após publicidade

A Roma do técnico português José Mourinho mostrou que chegará forte à nova temporada. No estádio Olímpico, em Roma, com dois do artilheiro Dzeko, goleou o húngaro Debrecen por 5 a 2. Depois de susto e gol de Barany, com quatro minutos, dominou todo o compromisso.

Mayoral e Pellegrini decretaram a virada antes do intervalo. Zaniollo ampliou, Ugrai tentou recolocar os visitantes no jogo, mas o artilheiro bósnio definiu, com dois gols.