Esportes

Bayern goleia Hertha Berlim em ritmo de treino e volta a ter 6 pontos de vantagem

Da Redação ·

O Bayern de Munique fez um bom treino de seu poder ofensivo neste domingo. Diante de um Hertha Berlim apenas na defesa, alugou o campo de ataque e podia ter anotado uma surra histórica no Estádio Olímpico. Apesar de desperdiçar muitos gols, massacrou com vitória por 4 a 1 e subiu aos 49 pontos, voltando a abrir seis do rival Borussia Dortmund no topo do Campeonato Alemão.

continua após publicidade

Apesar do placar elástico, o artilheiro Robert Lewandowski passou em branco. Anotaram para os bávaros Tolisso, Müller, Sané (em grande presente do goleiro do Hertha Berlim) e Gnabry. O VAR ainda anulou outro gol de Sané no último minuto.

Pressionado pelo Borussia Dortmund, que ganhou seu jogo no sábado e diminuiu a distância para o Bayern a três pontos, os comandados de Julian Nagelsmann entraram em campo na capital Berlim com "fome" de bola.

continua após publicidade

Com somente dois minutos, Tolisso já estava comemorando. Mas o gol acabou anulado. Aos 25, porém, o volante viu sua postura ofensiva na partida dar resultado. Ergueu o braço pedindo a bola, Coman obedeceu e cruzou para ele abrir o marcador, de cabeça. O Bayern mandou em todo o primeiro tempo, em cima do frágil e ameaçado rival, três pontos acima da zona de queda.

A enorme pressão ainda surtiu efeito com mais um gol, do experiente Müller, após assistência de Kimmich. Apesar do temor do desgaste físico por causa de muitos ainda estarem em recuperação da covid-19, Nagelsmann se surpreendeu com tamanha intensidade dos comandados. Neuer praticamente não trabalhou, com o time alugando o campo ofensivo.

A questão era se o time manteria tamanha superioridade nos minutos finais. O retorno foi da mesma maneira, mas com falhas na pontaria. Caprichasse um pouco mais e rapidamente o líder chegaria à goleada. A supremacia bávara era vista não apenas pelo apresentado em campo, mas também nos números. Na metade do segundo tempo já haviam finalizado 24 vezes, com 13 no alvo, contra 3 dos mandantes. O Bayern ainda tinha 71% de posse de bola.

continua após publicidade

Após tanto insistir, Sané fez o terceiro aos 31 minutos, recebendo "excelente passe" do goleiro do Hertha. O Bayern pressionou a saída de bola e Schwolow entregou nos pés do atacante, que empurrou para o gol aberto. Logo depois, Gnabry ampliou após nova assistência de Kimmich.

Com a goleada consumada, Nagelsmann resolveu poupar seus titulares. Trocou três de uma vez e, no mesmo instante, em um raro lance ofensivo do Hertha Berlim, Ekkelemkanp fez o de honra. Sané ainda ampliou, mas o VAR impugnou o lance e o massacre terminou mesmo em 4 a 1.

No outro jogo do dia no Alemão, o Red Bull Leipzig entrou na zona de classificação à Liga Europa ao ganhar do Wolfsburg, por 2 a 0, com gols de Orban e Gvardiol já na reta final da partida. Com 31 pontos, o vice-campeão da temporada passada subiu para o sexto lugar. O Wolfsburg não para de cair na tabela e já ocupa o 15° lugar, ameaçado de queda após ótimo início de Alemão.