Esportes

Balbuena assume camisa 31 do Corinthians e garante: 'Volto muito mais experiente'

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Balbuena se destacou com a camisa 4 do Corinthians antes de iniciar aventura europeia na Inglaterra, depois na Rússia. De volta ao clube por um ano de empréstimo, foi apresentado nesta terça-feira com o número 31 às costas "por escolha dos filhos". Mesmo com somente dois dias de treinos, o paraguaio já se coloca à disposição do técnico Vítor Pereira e garante que retorna mais experiente e cheio de vontade para contribuir com a equipe.

continua após publicidade

"Já conhecia todos da diretoria e falei com treinador antes de vir, ele me explicou sua filosofia. Depois que saí, ganhei experiência jogando contra os melhores jogadores do mundo na Premier League (Campeonato Inglês). Vem um Balbuena mais experiente, focado e com muito mais vontade", garantiu o reforço.

Balbuena está com tanta vontade de reestrear pelo Corinthians que brinca sobre onde prefere jogar: até no gol. "Você pergunta a um jogador qual posição ele prefere? Eu vou até de goleiro, não tenho preferência. Claro, se você está um tempo longo em uma posição, fica mais acostumado, mas vamos sempre fazer o que o treinador pedir. Não tenho problema pela direita, esquerda, de líbero, com três zagueiros..."

continua após publicidade

O defensor de 30 anos utilizou a cláusula de guerra para suspender o contrato com o Dínamo Moscou por um ano. Volta, em tese, para formar dupla com o também experiente Gil. Nada, porém, de querer "se encaixar" na equipe antes de demonstrar que está em plenas condições. Tampouco escolher parceiro.

"Muito difícil falar (como me encaixo). Falo aqui e dentro de campo acaba sendo diferente. Posso falar que estou com muita vontade de ajudar, e se estiver no banco vou apoiar, pois sou muito positivo. Com treinos e jogos, se Deus quiser puder jogar, quero ter entrosamento, sincronismo. Tenho de mostrar, principalmente, nos treinos. Sei que o time tem muitos jovens de qualidade e vou buscar me adaptar o mais rápido ao grupo, o que não será difícil porque conheço todo mundo", afirmou. "A ideia é somar, não vim com cartaz de titular, sou mais um que trabalhará forte para ajudar."

E nada de queimar etapas. Balbuena adverte que gostaria de estar já no jogo contra o Coritiba nesta quarta-feira, na Neo Química Arena. Mas tem ciência que ainda precisa de mais treinos. "Se eu for (para a partida), estarei feliz, sei como é jogar na Arena, conheço a torcida, estou feliz por voltar e com vontade de jogar. Atuar pelo Corinthians é muito bom. Treinei dois dias, vamos passo a passo, sem pressa. O time está indo bem e quero tentar ajudar da melhor forma possível."

continua após publicidade

Balbuena revelou que está vendo vídeos de como o Corinthians joga sob a direção de Vítor Pereira para aprender o esquema o mais rápido possível. Não esconde, entretanto, a empolgação com o ótimo trabalho do português.

"Logicamente a gente sabe da trajetória dele, o que está fazendo não é surpresa, o técnico e seu staff são de muita qualidade, com treinos bons, intensos, rápidos. Treinei esses dias, mas sem a parte tática porque os que jogaram (contra o Ceará) fizeram recuperação. Conversei com ele e me passou alguns dados de como quer a zona defensiva. Vou ver vídeos para acelerar o que ele quer."

Por fim, ele garantiu que a escolha da camisa 31 não tem relação com uma possível soma que daria o ex-número 4. "O número não é o que escolhi, eram os disponíveis. Me passaram e mostrei para a esposa e os filhos decidiram, não sei o motivo."