Esportes

Bagnaia tem vitória tranquila no GP da Holanda; Quartararo abandona 1ª no ano

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O jogo virou neste domingo na MotoGP para Francesco Bagnaia, da Ducati, que venceu o Grande Prêmio da Holanda com muita consistência, garantindo mais 25 pontos na briga pelo campeonato. O novato Marco Bezzecchi foi destaque no dia. Muito festejado, o italiano ficou na segunda colocação. Maverick Viñales fechou o pódio. Aleix Espargaró conseguiu uma recuperação marcante para terminar o dia em quarto e diminuiu a diferença para Fabio Quartararo, que abandonou uma prova pela primeira vez na temporada.

continua após publicidade

A corrida em Assen começou com uma cena rara na atual temporada, a queda de Quartararo. Líder isolado do campeonato com 172 pontos, o francês forçou uma ultrapassagem na curva contra o vice-líder Aleix Espargaró e foi para o chão. Muito atrás, Quartararo conversou com a equipe e decidiu voltar. Novamente na volta 5, o piloto sofreu outra queda, desta vez mais grave e abandonou de vez a prova, com expressões claras de dor e bastante irritado. "Cometi um erro de principiante", disse o piloto após a corrida.

Espargaró seguiu normalmente na corrida e batalhou por uma vaga na zona de classificação. O espanhol foi muito bem e escalou boas posições na etapa. Nas duas últimas voltas, Espargaró conseguiu ultrapassagens históricas, ganhando mais duas posições para ficar em quarto.

continua após publicidade

Novato na classe principal, Bezzecchi fez corrida espetacular, terminando na segunda colocação, sua melhor na temporada. O italiano foi muito festejado ao fim da corrida, assim como Espargaró. O vice-líder do torneio diminui a diferença para apenas 21 pontos para Quartararo. Johann Zarco, terceiro colocado, fica com 114 pontos, 58 atrás do líder. Bagnaia somou 25 pontos neste domingo e chegou a 106, recuperando as oscilações das últimas duas corridas.

"Honestamente, a sensação de estar no pódio da MotoGP pela primeira vez é algo indescritível. Foi fantástico fazer esta corrida possível", celebrou Bezzecchi após a prova. O vencedor Peco Bagnaia também analisou a disputa. "Foi uma corrida bem difícil, ficou perigosa quando começou a chover, mas consegui manter o controle"

No restante da prova, as motos da Yamaha seguiram indo para o chão, com Franco Morbidelli e Darryn Binder, que abandonaram a prova. Binder ainda ficou com a moto destroçada. Raul Fernandez também abandonou no fim, mas sem queda.

continua após publicidade

A chuva ameaçou aparecer na reta final da prova, o que poderia mudar totalmente a corrida, mas acabou que a bandeirada foi dada ainda com a pista seca. Nas voltas finais, Viñales e Brad Binder travaram uma bela disputa, vencida pelo piloto espanhol.

A MotoGP agora entrará de férias. A próxima etapa do calendário seria o GP da Finlândia, que foi removido do calendário por causa dos conflitos geopolíticos entre Ucrânia e Rússia, já que a organização não conseguiria preparar a prova a tempo para o dia 10 de julho. Com isso, a MotoGP volta com a etapa da Inglaterra entre os dias 5 e 7 de agosto.

Confira a classificação do GP da Holanda:

continua após publicidade

1º - Francesco Bagnaia (Ducati)

2º - Marco Bezzecchi (VR46)

continua após publicidade

3º - Maverick Viñales (Aprilia)

4º - Aleix Espargaró (Aprilia)

5º - Brad Binder (KTM)

continua após publicidade

6º - Jack Miller (Ducati)

7º - Jorge Martin (Prima)

8º - Joan Mir (Suzuki)

continua após publicidade

9º - Miguel Oliveira (KTM)

10º - Alex Rins (Suzuki)

continua após publicidade

11º - Enea Bastianini (Gresini)

12º - Taaki Nakagami (Honda)

13º - Johann Zarco (Prima)

continua após publicidade

14º - Fabio Di Giannantonio (Gresini)

15º - Alex Marquez (Honda)

16º - Andrea Dovizioso (Yamaha)

17º - Luca Marini (VR46)

18º - Stefan Bradl (Honda)

19º - Remy Gardner (KTM)

20º - Lorenzo Savadori (Aprilia)

Não finalizaram a prova - Darryn Binder (Yamaha), Fabio Quartararo (Yamaha), Franco Morbidelli (Yamaha) e Raul Fernandez (KTM).