Esportes

Avaí perde para o Remo em Belém e perde a chance de encostar no G4 da Série B

Da Redação ·

O Avaí desperdiçou ótima chance de encostar no G4 - grupo de acesso - do Campeonato Brasileiro da Série B na noite desta quinta-feira, ao perder para o Remo, por 2 a 1, no Baenão, em Belém (PA), na abertura da 24ª rodada.

continua após publicidade

Os catarinenses poderiam terminar a rodada com apenas um ponto de diferença para o CRB (4º), que mais cedo empatou com o Vasco e foi a 41 pontos. O Avaí tem 37, mas caiu para o sexto lugar - pode perder mais posições com os jogos de Sampaio Corrêa (7º) e Náutico (8º).

Já o Remo aos poucos vai respirando contra o risco de rebaixamento no campeonato. Com a segunda vitória consecutiva, o time paraense segue em 11º lugar, agora com 33 pontos.

continua após publicidade

Remo e Avaí fizeram um primeiro tempo sem muitas oportunidades de gol. O time da casa teve mais posse de bola, só que falhou no último terço do campo para abrir o placar. Enquanto os catarinenses foram cautelosos e esperaram os contra-ataques.

O Remo assustou logo aos 14 minutos em chute forte de Matheus Oliveira e boa defesa de Gledson. Já o Avaí foi efetivo apenas aos 37, em finalização de Copete com a perna esquerda e que passou por cima do travessão do goleiro Vinicius.

O duelo caminhava para o intervalo, até que o Remo abriu o placar aos 43 minutos. Lucas Siqueira deu ótimo passe para Victor Andrade, que chutou colocado, sem chances de defesa para o goleiro. A princípio ficou a dúvida sobre possível irregularidade, mas o VAR validou o gol.

continua após publicidade

Correndo atrás do prejuízo, o Avaí mudou a postura no início do segundo tempo e logo empatou a partida. Copete dividiu bola na área com o zagueiro Marlon e o árbitro marcou pênalti. Aos 14, Edílson foi para a cobrança e o goleiro Vinicius defendeu, mas deu rebote e o próprio lateral completou para as redes.

O empate parcial deixou a partida mais movimentada, com os dois times buscando a vitória. Não demorou e o Remo voltou a ficar em vantagem. Aos 26, o jovem volante Pingo cruzou na área e Fagner Alemão, contra, desviou de cabeça contra o próprio gol, num lance infeliz do zagueiro catarinense.

Atrás no placar, o Avaí viu sua situação piorar em campo quando Edílson chutou bola contra o banco de reservas do Remo, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Na sequência, o experiente lateral xingou o árbitro e precisou ser contido pelos companheiros ainda dentro de campo.

continua após publicidade

Mesmo com um homem a menos, o Avaí poderia ter empatado aos 33, num lance bizarro do zagueiro Rafael Jansen, que entregou a bola nos pés de Copete, mas o atacante, sem marcação e com o goleiro fora do gol, finalizou sem direção pela linha de fundo. Mas o Remo segurou a bola no campo de ataque e esperou o apito final para comemorar a importante vitória.

O Remo volta a campo na terça-feira para enfrentar o Guarani, às 16 horas, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP). Já o Avaí, no mesmo dia, mas às 19 horas, receberá o Goiás, na Ressacada, em Florianópolis (SC).

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA

REMO 2 X 1 AVAÍ

REMO - Vinicius; Wellington Silva, Rafael Jansen, Marlon e Raimar; Arthur (Romércio), Lucas Siqueira, Marcos Júnior (Pingo) e Felipe Gedoz (Renan Gorne); Matheus Oliveira (Rafinha) e Victor Andrade (Lucas Tocantins). Técnico: Felipe Conceição.

continua após publicidade

AVAÍ - Gledson; Edilson, Betão, Fagner Alemão e João Lucas (Diego Renan); Bruno Silva, Jean Cléber e Lourenço (Valdívia); Copete (Jonathan), Getúlio (Renato) e Vinicius Leite (Romulo). Técnico: Claudinei Oliveira.

GOLS - Victor Andrade, aos 43 minutos do primeiro tempo. Edilson, aos 14; e Fagner Alemão (contra), aos 26 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - José Mendonça da Silva Junior (PR).

CARTÕES AMARELOS - Marcos Júnior (Remo); Edilson, Fagner Alemão e Bruno Silva (Avaí).

CARTÕES VERMELHOS - Victor Andrade (Remo); Edilson (Avaí).

RENDA E PÚBLICO - Portões fechados.

LOCAL - Estádio Baenão, em Belém (PA).