Esportes

ATP inicia investigação de suposto caso de abuso doméstico de Alexander Zverev

Da Redação ·

A ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) abriu uma investigação para apurar as acusações feitas por uma uma ex-namorada do medalhista de ouro olímpico e vice-campeão do US Open, Alexander Zverev, de abuso doméstico.

continua após publicidade

A ATP anunciou nesta segunda-feira que está investigando "alegações sobre Alexander Zverev no Masters 1000 em Xangai de 2019". "As acusações levantadas contra Alexander Zverev são graves e temos uma responsabilidade de abordá-los. Esperamos que nossa investigação nos permita estabelecer os fatos e determinar a ação de acompanhamento apropriada", disse Massimo Calvelli, CEO da ATP, em um comunicado. "Zverev aprova nossa investigação, mas não reconhece as acusações."

Zverev é um tenista alemão, de 24 anos, que atualmente ocupa o quarto lugar no ranking mundial. Ele derrotou o nº 1 Novak Djokovic nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no caminho da medalha de ouro, e depois perdeu para o sérvio nas semifinais do US Open. Zverev foi derrotado por Dominic Thiem na final do Aberto dos Estados Unidos há um ano.

continua após publicidade

A ex-namorada, Olga Sharypova, fez as acusações pela primeira vez no ano passado. Ela forneceu um novo relato detalhado em uma matéria no site Slate.com em agosto passado. "Eu sempre disse que as alegações e tudo o que foi dito é falso", disse Zverev em entrevista coletiva no final de agosto, antes do início do US Open. O atleta afirmou então que apoiaria a investigação por parte da ATP.

A ATP revelou também nesta segunda-feira ter recebido "independente relatório de proteção", que será usado nos trabalhos. A associação disse que irá "avaliar as recomendações do relatório para identificar próximos passos a serem dados imediatamente".