Esportes

Atlético-MG empata com Ceará em jogo equilibrado e aumenta série sem vitórias

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O Atlético-MG viu seu jejum de vitórias no Brasileirão aumentar para quatro jogos. Na noite desta quarta-feira, visitou o Ceará, na Arena Castelão, em Fortaleza, pela 12ª rodada, e não saiu do empate sem gols. Na estreia do técnico Marquinhos Santos, o time cearense teve bom controle, mas encontrou dificuldade na criação de jogadas, algo corrigido na etapa complementar. Os mineiros criaram chances até o final, mas isso não foi o suficiente para vencer.

continua após publicidade

Com o resultado, o Ceará alcançou oito jogos sem perder no Brasileirão e agora soma 15 pontos, no meio da tabela. O Atlético tem 18 pontos, fora do G-4, e pode ver os líderes se distanciarem ainda mais. A pressão deve aumentar diante da expectativa geral da torcida e da imprensa em cima da qualidade e do custo do elenco à disposição do técnico Turco Mohamed.

O Ceará se portou bem jogando em casa e, mesmo com um adversário complicado, tomou a iniciativa e exerceu pressão. Isso, porém, não se converteu em chances de gol. O Atlético, mesmo dando mais atenção à defesa, conseguiu construir as melhores chances do primeiro tempo.

continua após publicidade

A primeira foi com Rubens, que roubou bola no campo defensivo do Ceará e arriscou de longe para pegar Vinicius Machado desprevenido. A bola ainda quicou na pequena área, mas o goleiro conseguiu espalmar.

Depois foi a vez de Nacho Fernández chutar rasteiro de fora da área, completando lindo passe de calcanhar de Hulk, mas a bola foi para fora. A melhor chance foi no final, com Hulk. Após tiro de meta, ele ganhou no corpo, mas precisou chutar da meia-lua com o pé direito. Mesmo assim, levou muito perigo.

O Atlético voltou a levar perigo logo no começo do segundo tempo. Arana ficou com rebote na entrada da área e chutou bonito, mas para fora. Depois disso, o Ceará conseguiu retomar o controle do jogo e, diferente do primeiro tempo, conseguiu finalizações mais perigosas.

continua após publicidade

Rubens foi o primeiro a tentar da entrada da área. Depois Victor Luis e Vina também finalizaram. Uma das chances mais perigosas aconteceu após roubada de bola na direita. A bola chegou na área e sobrou para Sobral, que chutou rasteiro, mas Everson caiu bem no canto para defender.

O goleiro atleticano voltaria a trabalhar pouco depois para impedir cruzamento de Nino Paraíba dentro da área. A bola iria até Matheus Peixoto, que estava livre para completar. O Atlético conseguiu respirar nos minutos finais e até teve outras chegadas, com Sasha, Vargas e Hulk, mas o empate não saiu do placar.

Os dois times voltam a campo no final de semana pela 13.ª rodada. No sábado, às 19h, o Ceará visita o Cuiabá, na Arena Pantanal, em Cuiabá. No domingo, às 16h, o Atlético recebe o Flamengo, no Mineirão, em Belo Horizonte, num prelúdio das oitavas de final da Copa do Brasil.

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 0 X 0 ATLÉTICO-MG

continua após publicidade

CEARÁ - Vinícius Machado; Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio e Victor Luis; Richardson, Fernando Sobral e Richard Coelho (Zé Roberto); Vina, Cléber (Matheus Peixoto) e Mendoza (Erick). Técnico: Marquinhos Santos.

ATLÉTICO-MG - Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Otávio, Rubens (Calebe) e Guilherme Castilho (Vargas); Nacho Fernández (Ademir), Keno (Eduardo Sasha) e Hulk. Técnico: Antonio Mohamed.

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira (SP).

CARTÕES AMARELOS - Richard Coelho e Fernando Sobral (Ceará). Junior Alonso, Rubens e Calebe (Atlético).

RENDA - R$ 244.401,00

PÚBLICO - 26.766 pagantes (26.774 presentes).

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).