Esportes

Atlético de Madrid volta a decepcionar e só empata, em casa, com o Granada

Da Redação ·

Os torcedores do Atlético de Madrid ficaram bastante irritados, nesta quarta-feira, após o empate, sem gols, no Estádio Wanda Metropolitano, em Madri, diante do Granada, no duelo válido pela 33ª rodada do Campeonato Espanhol.

continua após publicidade

Com o resultado, o time anfitrião assumiu o segundo lugar, com 61 pontos, mas poderá perder esta colocação para Sevilla e Barcelona, que jogam nesta quinta-feira. A liderança é do Real Madrid (75 pontos), que ainda entra em campo nesta quarta-feira. Já o Granada, com 30 pontos, é o 18º colocado.

A partida teve um enredo fixo durante os 90 minutos. O Atlético de Madrid teve a posse de bola, atuou a maior parte do tempo no campo do adversário, mas se mostrou sem inspiração. As poucas jogadas surgiam pelo lado esquerdo com Carrasco, mas não eram aproveitadas pelo setor ofensivo. Llorente arriscou de fora da área, mas não teve sucesso.

continua após publicidade

Dono da segunda defesa mais vazada na competição (56 gols sofridos), o Granada abdicou até mesmo dos contra-ataques. Concentrou seus jogadores em seu campo e logo percebeu que com a falta de objetividade do Atlético poderia suportar os frágeis ataques e sair de Madri com um ponto importante em sua luta contra o rebaixamento.

O técnico Diego Simeone tentou dar maior agressividade ao Atlético no segundo tempo e colocou em campo Luis Suárez e Matheus Cunha, mas o panorama permaneceu o mesmo, o que irritou os 43 mil torcedores presentes. A melhor oportunidade foi acontecer aos 44 minutos, quando Matheus Cunha acertou a trave. Muito pouco para uma equipe que luta pelo vice-campeonato espanhol.