Esportes

Athletico-PR empata com o Palmeiras e se garante na Série A

Equipe paulista entrou em campo com os atletas do sub-20

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Athletico-PR empata com o Palmeiras e se garante na Série A
fonte: Reprodução/Athletico
Athletico-PR empata com o Palmeiras e se garante na Série A

Na segunda oportunidade que receberam, os garotos do Palmeiras fizeram mais uma boa apresentação. Nesta segunda-feira, o time alviverde, sem peso, segurou o Athletico-PR na Arena da Baixada e empatou sem gols com o rival paranaense, que, com o ponto somado, assegurou sua permanência na Série A. Os dois, que são os atuais campeões da Libertadores e da Sul-Americana, vão se enfrentar no início de 2022 para decidir quem ganhará a Recopa sul-americana.

continua após publicidade

Os jovens do Palmeiras não se intimidaram diante da pressão do Athletico-PR, apoiado por 20 mil torcedores. Em um estádio difícil de jogar, as "crias da Academia" mostraram personalidade e tiveram atuação consistente. O goleiro Vinícius Silvestre foi quem mais se destacou, com três grandes defesas, dando mostras de que tem talento para substituir Weverton quando for necessário.

O Palmeiras soma 63 pontos e já tem a terceira posição garantida. Na rodada final, se despede do torneio contra o Ceará, na Arena Barueri. O Athletico-PR, com 46 pontos, não corre mais risco de queda e faz seu compromisso derradeiro no torneio diante do já rebaixado Sport, no Recife. Todos os duelos da última rodada serão disputados na quinta, às 21h30.

continua após publicidade

O Palmeiras deu nova chance aos seus garotos em Curitiba e jogou contra o Athletico-PR com jogadores ainda mais desconhecidos da torcida. Do elenco principal, apenas Vinícius Silvestre e Matheus Fernandes começaram a partida na Arena da Baixada. Todo o restante do grupo está de férias, incluindo Abel Ferreira e seus dois auxiliares. Paulo Victor Gomes, o PV, técnico do sub-20, foi quem comandou o time.

E os jovens do sub-20 não facilitaram a vida do Athletico-PR, que, mesmo com quase força máxima - Terans estava suspenso - encontrou dificuldade para se impor. O time paranaense foi melhor no início, explorando as jogadas pelas pontas. Mas os garotos do Palmeiras reagiram, não se desesperaram, e terminaram o primeiro tempo incomodando o rival.

Vitinho deu trabalho pelo lado esquerdo e foi o melhor palmeirense no primeiro tempo. O jovem atacante quase marcou ao acertar a trave em cruzamento de Garcia pelo lado direito. Ele também quase conseguiu um pênalti para os visitantes após toque na mão de Thiago Heleno dentro da área. O árbitro foi rever o lance no monitor e marcaria a penalidade, mas flagrou falta de Vitinho em Pedro Henrique um pouco antes. Nos acréscimos, Vinícius Silvestre fez linda defesa em chute de Canesin.

continua após publicidade

Na etapa final, o Athletico-PR, com a necessidade de confirmar sua permanência na elite, intensificou a pressão. E se teve alguém que aproveitou a chance que lhe foi dada com a ausência dos titulares foi Vinícius Silvestre. O goleiro de 27 anos provou que pode ser uma opção interessante para quando Weverton estiver fora ao fazer mais duas defesas importantes. Na mais impressionante delas, esticou-se no canto esquerdo para espalmar o cabeceio de Bissoli.

Canesin também levou perigo em conclusão da meia-lua, Nikão viu Michel salvar em cima da Linha e Matheus Fernandes foi outro a aparecer para afastar o chute de Marcinho que ia em direção ao gol. No fim, as redes não balançaram na Arena da Baixada.

FICHA TÉCNICA

continua após publicidade

ATHLETICO-PR 0 x 0 PALMEIRAS

ATHLETICO-PR - Santos; Pedro Henrique (Zé Ivaldo), Thiago Heleno e Nicolas (Nicolás Hernández); Marcinho, Erick, Fernando Canesin (Márcio Azevedo) e Abner Vinícius (Pedrinho); Bissoli, Pedro Rocha (Jader) e Nikão. Técnico: Alberto Valentim.

continua após publicidade

PALMEIRAS - Vinicius; Garcia, Lucas Freitas (Pedro Bicalho), Michel e Vanderlan; Naves, Fabinho e Matheus Fernandes; Vitinho, Giovani e Gabriel Silva. Técnico: Paulo Vitor Gomes.

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa/RJ)

CARTÕES AMARELOS - Gustavo Garcia (Palmeiras) e Fernando Canesin (Athletico-PR).

PÚBLICO - 19.308 torcedores.

RENDA - Não divulgada.

LOCAL - Arena da Baixada.