Esportes

Ashleigh Barty mantém folga no ranking da WTA e Ostapenko retorna ao TOP 15

Da Redação ·

Grande campeã do Aberto de Dubai, no sábado, Jelena Ostapenko é quem mais teve motivos para celebrar a divulgação do ranking da WTA nesta segunda-feira. A tenista letã que já foi número cinco do mundo em 2018 ganhou oito posições para retornar ao TOP 15, agora figurando no 13° lugar. A australiana Ashleigh Barty continua reinando tranquilo.

continua após publicidade

Vencedora de Roland Garros em 2017, Ostapenko há tempos tenta reencontrar a regularidade em seu jogo para voltar a figurar entre as melhores do planeta. Após semana excelente em Dubai, na qual venceu quatro campeãs de Grand Slam (Kenin, Swiatek, Kvitova e Halep), concretizada com o título sobre Veronika Kudermetova, a tenista da Letônia conseguiu dar o primeiro passo rumo ao TOP 10.

"Estou muito feliz com toda a minha semana, porque foram adversárias muito difíceis que tive de enfrentar em todas as rodadas", disse Ostapenko, que há quatro anos não aparecia entre as 20 melhores. "Muito feliz com a forma como joguei e acho que dessa maneira posso ganhar mais confiança."

continua após publicidade

Além de Ostapenko, outras tenistas também subiram no ranking. Mesmo eliminada na estreia em Dubai, a espanhola Paula Badosa assumiu o quarto lugar da lista divulgada nesta segunda-feira, nos Estados Unidos. Maria Sakkari ganhou duas posições e já figura em sexto, enquanto Iga Swiatek passou Garbine Muguruza e subiu para o oito lugar.

No pódio, nada de mudanças. Barty, campeã do Aberto da Austrália, permanece soberana, com 2767 pontos a mais que a bielo-russa Aryna Sabalenka. A checa Barbara Krejcikova figura em terceiro.

Confira o do ranking da WTA

continua após publicidade

1° - Ashleigh Barty (Austrália) 8330 pontos

2° - Aryna Sabalenka (Belarus) 5563

3° - Barbora Krejcikova (República Tcheca) 5003

continua após publicidade

4° - Paula Badosa (Espanha) 4429

5° - Karolina Pliskova (República Tcheca) 4347

continua após publicidade

6° - Maria Sakkari (Grécia) 4191

7° - Anett Kontaveit (Estônia) 4137

8° - Iga Swiatek (Polônia) 3936

9° - Garbine Muguruza (Espanha) 3350

10° - Ons Jabeur (Tunísia) 3065

13° - Jelena Ostapenko (Letônia) 2635

70° - Bia Haddad (Brasil) 913