Esportes

Arsenal marca no início, abre vantagem no G4 e empurra Leeds para o rebaixamento

Da Redação ·

Arsenal e Leeds United fizeram jogo decisivo para suas pretensões no Campeonato Inglês neste domingo. A partida da 36ª rodada terminou com vitória londrina por 2 a 1. Jogando no Emirates Stadium, o Arsenal marcou dois gols em 10 minutos de jogo, ficou com vantagem numérica após expulsão no rival, mas sofreu para vencer o time de Manchester.

continua após publicidade

O triunfo deixa o Arsenal com uma confortável vantagem de quatro pontos sobre o Tottenham no G4 da competição, a três partidas do fim do campeonato. Com 66 pontos, o time de Mikel Arteta é o quarto colocado. O Arsenal também cola no Chelsea, terceiro colocado, que tem 67 pontos.

Já o Leeds volta à zona de rebaixamento, com a segunda derrota consecutiva. O time de Raphinha e companhia possui 34 pontos e passa a ser o 18º colocado, ultrapassado pelo Everton, que venceu o Leicester também neste domingo.

continua após publicidade

O goleiro do Leeds entrou sonolento em campo e a falta de atenção custou caro logo aos cinco minutos. Após recuo, Illan Meslier tentou dominar e deixou a bola oferecida na pequena área. Edward Nketiah chegou dividindo e mandou para as redes, fazendo 1 a 0. Com passagem pelo Leeds, o atacante do Arsenal não comemorou o tento.

Cinco minutos mais tarde, mais um gol de Nketiah. Após ótima jogada do brasileiro Gabriel Martinelli pela esquerda, Nketiah recebeu cruzamento rasteiro na área e finalizou de primeira para ampliar para 2 a 0.

Esbanjando repertório, o Arsenal seguiu dominando a partida, criando jogadas em sequência e pressionando o Leeds pelo terceiro gol. Para piorar ainda mais a situação, o lateral Luke Aylling deu um carrinho com os dois pés em Martinelli e foi expulso após revisão do VAR. O também brasileiro Raphinha ficou bastante nervoso com a decisão da arbitragem e recebeu cartão amarelo.

continua após publicidade

Odegaard quase marcou o terceiro em cobrança de falta, salvo em cima da linha pela defesa do Leeds. O domínio londrino seguiu também no segundo tempo. Gabriel Martinelli, que apresentou ótimo futebol na partida, quase marcou o terceiro gol do Arsenal em duas oportunidades, que foram para fora.

Precisando muito do resultado, o Leeds conseguiu buscar fôlego para diminuir o placar. Após cobrança de escanteio, Firpo desviou para a segunda trave, onde Diego Llorente apareceu para completar para o gol, aos 21 minutos. O Arsenal não conseguiu retomar a vantagem confortável e o Leeds se mandou para o ataque nos minutos finais, inclusive com o goleiro indo para a área. Apesar da aposta, o time de Jesse Marsch não conseguiu o empate.

LUTA NO Z3

continua após publicidade

O Everton precisou de seis minutos para deixar a zona de rebaixamento. Praticamente no mesmo momento em que o Leeds sofreu o primeiro gol do Arsenal, o time azul de Liverpool abriu o placar sobre o Leicester com gol de Mykolenko, que acertou um lindo chute de primeira da entrada da área.

Aos 11 minutos, a zaga do Everton não se entendeu e Daka saiu na cara do gol para igualar o placar por 1 a 1 para o Leicester. Mas o Everton endureceu a partida e voltou a abrir vantagem aos 30 minutos, após cobrança de escanteio e sequência de cabeceios, que terminou com gol de Holgate, vencendo por 2 a 1 no King Power Stadium, em Leicester.

O Everton, que possui um jogo a menos que os rivais, sobe para a 16ª posição, com 35 pontos, e deixa a zona de rebaixamento. O time possui duas vitórias seguidas. Entre Leeds e Everton há o Burnley, em 17º, com 34 pontos. O Leicester é o 14º, com 42 pontos. O time não venceu em seus últimos sete jogos, somando todas as competições.

Sétimo colocado, o West Ham voltou a vencer diante do rebaixado Norwich após quatro tropeços. Com dois gols de Benrahma, um de Michail Antonio e outro de Lanzini, o West Ham passou fácil com vitória por 4 a 0 sobre o lanterna e chegou a 55 pontos, se aproximando da vaga na Liga Europa. Rebaixado na última rodada, o Norwich possui 21 pontos e é o lanterna.