Arana minimiza pressão no Atlético-MG e aprova a chegada de Rodrigo Caetano - TNOnline
Mais lidas

    Esportes

    Esportes

    Arana minimiza pressão no Atlético-MG e aprova a chegada de Rodrigo Caetano

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 07.01.2021, 14:37:00 Editado em 07.01.2021, 14:43:22
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Sem jogar desde o dia 26 de dezembro, quando derrotou o Coritiba por 2 a 0, o Atlético-MG começa a entrar no ritmo de uma rotina normal de olho nos seus compromissos no Campeonato Brasileiro. Além da preparação para a retomada dos jogos após longo período longe dos gramados, a equipe também anunciou Rodrigo Caetano como novo diretor de futebol.

    O lateral-esquerdo Guilherme Arana concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira em que falou sobre diversos assuntos. Dentre eles, a chegada do novo dirigente. O jogador exaltou o reforço na diretoria e analisou que Caetano é um importante nome no setor em que atua.

    "É um nome muito forte no mercado", avaliou Arana. "Perguntei para o Réver, que já trabalhou e falou muito bem dele. Não o conheço pessoalmente, porém desejo toda a sorte. Que ele possa fazer um excelente trabalho e nos ajudar aqui dentro do Atlético. Não muda em nada, nosso pensamento é o mesmo. Em busca do título, esse é o pensamento do grupo. Ele chegou para somar e nos ajudar", completou o lateral-esquerdo.

    Arana também foi bastante questionado sobre o Brasileirão. O Atlético-MG entrará em campo apenas na segunda-feira contra o Red Bull Bragantino, fora de casa, pela 29.ª rodada, já que seu confronto com o Santos, pela 28.ª, teve de ser adiado devido ao compromisso do clube paulista pela Copa Libertadores. Assim sendo, a partida contra o rival da Vila Belmiro será realizada apenas dia 27 deste mês.

    Com isso, o time mineiro jogará já sabendo dos resultados desta rodada dos seus adversários do G-6, o que pode ser visto como uma vantagem ou como forma de pressão. Destaque para as derrotas do São Paulo (líder com 56 pontos), para o Red Bull Bragantino, e do Flamengo (empatado com o time mineiro com 49), para o Fluminense.

    Arana reconheceu que, no Brasileirão, é bem comum que equipes da parte debaixo da tabela de classificação roubem pontos dos que brigam no pelotão de cima. Porém, segundo ele, o Atlético-MG pensa jogo a jogo e depende apenas de si para aproveitar as oportunidades, como foi com as derrotas de Flamengo e São Paulo na quarta-feira.

    "As equipes que estão à frente tropeçaram, isso é muito bom. Porém, temos de fazer por merecer e manter o foco no nosso trabalho e esquecer o restante", analisou o lateral-esquerdo. "Não adianta nada as equipes tropeçarem e a gente perder pontos. Estamos trabalhando a cada jogo para conseguir vitórias e estar brigando lá em cima até o final do campeonato".

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Esportes

    Deixe seu comentário sobre: "Arana minimiza pressão no Atlético-MG e aprova a chegada de Rodrigo Caetano"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.