Esportes

Após queda no Campeonato Paulista, Guarani acerta a saída do treinador Allan Aal

Da Redação ·

O Guarani anunciou nesta terça-feira a saída do técnico Allan Aal. A decisão foi tomada em comum acordo entre diretoria e treinador, que não suportou a eliminação nas quartas de final do Campeonato Paulista frente ao Mirassol. O clube entendeu que o momento é propício para uma mudança, haja visto que terá quase duas semanas cheias para preparar o time para a estreia da Série B do Campeonato Brasileiro.

continua após publicidade

Allan Aal chegou ao Guarani no final de 2020 e comandou a equipe durante a preparação e a disputa do Paulistão, conseguindo levar o clube à disputa das quartas de final da competição. Junto com ele deixam o Guarani o auxiliar técnico Anderson Valiñas e o preparador físico Fabiano Rosenau. Foram 13 jogos com quatro vitórias, três empates e seis derrotas - aproveitamento de 38,4%.

Na reapresentação, o elenco será comandado pelo auxiliar técnico Ben-Hur Moreira e o preparador físico auxiliar Fernando Maestri. Seguem no clube, com eles, o preparador de goleiros Silvano Austrália e o fisiologista Tiago Cetolin, que iniciam os trabalhos visando a disputa da Série B.

continua após publicidade

Alguns nomes já estão sendo discutidos internamente pela cúpula da equipe de Campinas (SP). Dentre eles estão o de Eduardo Baptista, que levou o Mirassol à semifinal do Paulistão e eliminou o próprio Guarani do torneio, e Vinícius Bergantin, do Ituano.

O Guarani estreia na Série B no próximo dia 28, uma sexta-feira, às 19 horas, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, contra o Vitória.