Após homenagem e mensagem de governador, Djokovic vence na abertura do US Open - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Esportes

Após homenagem e mensagem de governador, Djokovic vence na abertura do US Open

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O US Open foi aberto oficialmente na noite desta segunda-feira com uma homenagem aos profissionais da saúde, em referência à pandemia do novo coronavírus, uma mensagem do governador de Nova York, Andrew Cuomo, e a vitória do sérvio Novak Djokovic na vazia quadra central do complexo Billie Jean King National Tennis Center.

Primeiro grande evento de tênis após a paralisação do circuito, o US Open recebeu críticas nas últimas semanas por manter seus planos, apesar da pandemia. Por isso, a organização criou uma "bolha" sanitária em Nova York para conseguir realizar o torneio, sem torcida e com mais proteção aos atletas e suas equipes. Mesmo assim, dois casos positivos para covid-19 já foram confirmados dentro da bolha.

Em meio a esta polêmica, o torneio foi aberto com uma mensagem em vídeo do governador Andrew Cuomo, na qual ele elogia a organização. Na sequência, nos telões da quadra central, aparece uma ligação filmada entre a tenista Venus Williams e um enfermeiro de Nova York, como forma de homenagear os profissionais de saúde do estado, um dos mais afetados pelo novo coronavírus nos Estados Unidos.

Após o fim da enxuta cerimônia de abertura, geralmente badalada e com muito barulho, Djokovic entrou em quadra e não decepcionou. O principal favorito ao título, sem a concorrência de Roger Federer e Rafael Nadal na edição deste ano, derrotou com tranquilidade o bósnio Damir Dzumhur, 109º do mundo, por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/4 e 6/1, em 1h58min de confronto.

A partida foi marcada pela nova rotina imposta nos torneios oficiais, com os tenistas entrando em quadra com máscara e tomando cuidado com o distanciamento em relação ao próprio rival e aos juízes e boleiros. Em todos os lados da quadra, havia telões que exibiam imagens de fãs, como acontece em transmissões de videoconferência com várias pessoas ao mesmo tempo.

O som da torcida era reproduzido pelo sistema de som, tentando minimizar o incômodo silêncio na gigante Arthur Ashe Stadium, uma das maiores quadras de tênis do mundo. Ao fim do jogo, Djokovic repetiu seu ritual de cumprimentar o público, mesmo ausente no local. Além disso, jogou bolinhas para a arquibancada vazia.

O próximo adversário do número 1 do mundo será o britânico, Kyle Edmund, atual 44º do mundo. Nesta segunda, ele avançou ao superar o casaque Alexander Bublik por 2/6, 7/5, 7/5 e 6/0.

OUTROS RESULTADOS - Mais cedo, o grego Stefanos Tsitsipas também garantiu seu lugar na segunda rodada, fase da qual nunca passou do US Open. O quarto cabeça de chave espera quebrar esse tabu após superar o espanhol Albert Ramos-Viñolas por 3 a 0, com parciais de 6/2, 6/1 e 6/1. Seu próximo adversário será o local Maxime Cressy, que despachou o eslovaco Jozef Kovalik por 6/1, 2/6, 6/4 e 6/4.

Com mais dificuldade, o alemão Alexander Zverev precisou de quatro sets para desbancar o sul-africano Kevin Anderson, que já foi vice-campeão em Wimbledon e no próprio US Open, por 7/6 (7/2), 5/7, 6/3 e 7/5. Na segunda rodada, o quinto cabeça de chave terá pela frente o americano Brandon Nakashima, que avançou ao bater o italiano Paolo Lorenzi por 6/3, 6/2 e 7/6 (7/3).

Já o argentino Diego Schwartzman, nono pré-classificado, se despediu de forma precoce. Em seu primeiro jogo, caiu diante do britânico Cameron Norrie em cinco sets: 3/6, 4/6, 6/2, 6/1 e 7/5.

O canadense Denis Shapovalov (12º cabeça de chave) teve melhor desempenho em sua estreia. Ele superou o americano Sebastian Korda (filho do checo Petr Korda, ex-tenista do circuito) por 6/4, 4/6, 6/3 e 6/2. Na sequência, ele vai duelar com o sul-coreano Kwon Soon Woo.

Outros cabeças de chave que venceram na estreia foram o local Taylor Fritz (19º), o espanhol Pablo Carreño Busta (20º), o polonês Hubert Hurkacz (24º), o croata Borna Coric (27º) e o francês Adrian Mannarino (32º). Já o sérvio Dusan Lajovic (18º) caiu na estreia, assim como o uruguaio Pablo Cuevas.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Após homenagem e mensagem de governador, Djokovic vence na abertura do US Open"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.