Esportes

Após estreia aos 24 anos e com gol, Sabino pode seguir no Santos com Holan

Da Redação ·

O Santos tem tradição e se orgulha de lançar promessas das divisões de base, como indica o início do Campeonato Paulista, como no empate por 1 a 1 com a Ferroviária, nesta quarta-feira, quando todos os jogadores relacionados por Marcelo Fernandes eram revelados pelo clube. O autor do gol da equipe, porém, precisou se destacar longe da Vila Belmiro para receber a primeira oportunidade entre os profissionais.

continua após publicidade

Sabino, já com 24 anos, só foi estrear pelos profissionais do Santos nesta quarta-feira. E logo com o gol. Ainda no primeiro tempo, apareceu na grande área para abrir o placar, de cabeça, após cobrança de falta de Ivonei. Defensivamente, apresentou bom rendimento, com várias recuperações para a equipe, pressionada pela Ferroviária no segundo tempo.

No Santos desde 2012, Sabino atuou pela base e pelo time B, mas nunca havia jogado pelos profissionais. "Emocionado. Estou aqui desde 2012, há 10 anos o Santos me acolheu e meu sonho foi sempre retribuir da melhor maneira possível. É para isso que sou pago. Vamos melhorar mais ainda", disse Sabino, em entrevista ao Premiere.

continua após publicidade

Nas duas últimas temporadas, Sabino foi emprestado ao Coritiba. O zagueiro disputou 87 jogos pelo clube e marcou 11 gols. Seu bom rendimento despertou o interesse do japonês Kashiwa Reysol, mas a proposta foi recusada pelo Conselho Deliberativo do Santos. E preocupada com o assédio, a diretoria renovou o contrato com o jogador até dezembro de 2024.

Como o Santos negociou recentemente Lucas Veríssimo com o Benfica e o clube não pode realizar contratações, é provável que Sabino faça parte do elenco dirigido por Ariel Holan na sequência da temporada 2021. Nesta quarta-feira, o argentino esteve na Vila Belmiro, onde viu o time somar o seu segundo ponto no Campeonato Paulista.

No próximo sábado e já com as principais peças do elenco à disposição, Holan fará a sua estreia à frente do Santos. Será no clássico com o São Paulo, marcado para as 19 horas, no Morumbi.