Esportes

Após derrota por 4 a 0, Corinthians volta aos treinos para enfrentar Boca Juniors

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O Corinthians realizou neste domingo o primeiro treino de preparação para o duelo contra o Boca Juniors, marcado para esta terça-feira, às 21h30, na La Bombonera, partida de volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América. Em São Paulo, os times empataram por 0 a 0. Os comandados de Vitor Pereira volta aos treinamentos horas após a goleada por 4 a 0 sofrida para o Fluminense.

continua após publicidade

Os jogadores que participaram por mais de 45 minutos da derrota para o Fluminense, no Maracanã, ficaram na parte do Centro de Treinamento e realizaram um trabalho regenerativo. Os demais foram ao gramado e participaram de uma atividade de posse de bola em campo reduzido e um treinamento de enfrentamento sob o comando do técnico Vítor Pereira. O time utilizado pelo técnico português no último jogo foi repleto de jovens atletas e com apenas alguns titulares.

O treinador realizou também um trabalho final de finalização com os jogadores. Vítor Pereira aguarda a atualização do seu departamento médico para saber quem poderá escalar na partida contra o Boca. A assessoria de imprensa do clube ainda não deu um parecer sobre os lesionados.

continua após publicidade

Os atletas que não atuaram contra o Fluminense por lesão foram: os zagueiros João Victor, com dores no tornozelo e perto do Benfica, e Gil (lesão na coxa), os laterais Rafael Ramos (desconforto na coxa), e Fagner (coxa), os meias Maycon (coxa), Du Queiroz (coxa), Renato Augusto (panturrilha) e Willian (ombro). Já o atacante Gustavo Silva está com uma tendinite.

Os vários desfalques fizeram com que Vítor Pereira apostasse em atletas das categorias de base diante do Fluminense. No entanto, vai precisar da experiência para tentar surpreender o Boca Juniors, fora de casa.

O Corinthians, inclusive, ainda não perdeu para o Boca Juniors na temporada. Além do empate sem gols nas oitavas, o time paulista venceu, em São Paulo, por 2 a 0, na primeira fase, e empatou por 1 a 1, na Argentina.

Se a goleada sofrida no Brasileirão custou a vice-liderança e levantou um alerta no clube alvinegro, do lado do Boca Juniors a situação também não é animadora. Na sexta-feira, pelo Campeonato Argentino, o time reserva de Sebastián Battaglia perdeu por 3 a 0 em casa para o Banfield.