Esportes

Ancelotti e Casemiro pregam respeito ao Chelsea e descartam favoritismo ao Real

Da Redação ·

O Real Madrid nem pensa em entrar na onda de Thomas Tuchel de que o confronto das quartas de final da Liga dos Campeões está "praticamente" definido após o time merengue fazer 3 a 1 na Inglaterra. A ordem do técnico Carlo Ancelotti e do brasileiro Casemiro é pregar o máximo respeito ao Chelsea.

continua após publicidade

"É bom que todos saibam que será um jogo difícil. Todos! A equipe e os torcedores. São as quartas da Liga dos Campeões, sempre difíceis e não importa o que aconteceu na primeira mão. Nós vamos ter de fazer uma partida completa, saber sofrer, lutar e ser bom 90 minutos", enfatizou Ancelotti. "O Chelsea virá para vencer e passar. Eles sabem que é difícil, mas vão tentar. É o próprio espírito do futebol, os grandes clubes nunca desistem. É um adversário muito bom e temos que respeitá-lo, é isso que vamos fazer."

"Vamos fazer um jogo muito difícil. Tivemos os melhores 90 minutos da temporada em Londres, mas não podemos confiar em nada. Quero pedir o apoio dos torcedores porque vai ser muito complicado, eles são os atuais campeões e têm todo o nosso respeito", completou Casemiro.

continua após publicidade

Ancelotti prevê um Chelsea mordido e diferente no Santiago Bernabéu, em Madri, e também pode modificar a maneira de o Real Madrid atuar para evitar surpresa desagradável após abrir vantagem gigante na ida.

"Vamos ver a composição do time. Gostaríamos de jogar o mesmo jogo que em Londres, mas também temos de sugerir que o Chelsea fará mudanças porque não correu bem para eles", disse. "A minha sorte é que este plantel conhece bem estes jogos. O ambiente é muito bom, feliz e é uma oportunidade de avançar para as semifinais", disse o técnico.

Apesar de mostrar respeito, Casemiro aposta na história do Real Madrid para avançar. "O Real Madrid vive para isso, ganhar jogos improváveis, fazer coisas quando ninguém acredita nele... Lutamos até ao fim, como dizem os torcedores. Essa é a chave de tudo, acreditar até o fim para dar tudo."