Esportes

América-MG vence, afunda Atlético-GO e deixa zona de rebaixamento do Brasileirão

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O América-MG levou a melhor diante do Atlético-GO no duelo dos desesperados da 19ª rodada do Campeonato Brasileiro ao vencer por 1 a 0, neste domingo, no estádio Antônio Accioly. O time mineiro quebrou a série de três derrotas seguidas e também deixou a zona de rebaixamento, aparecendo em 14º lugar, com 21 pontos.

continua após publicidade

De outro lado, o time goiano sofreu sua quinta derrota consecutiva, permanecendo com 17 pontos, em 18º lugar, dentro da zona da degola. Com elenco pequeno, o clube não consegue manter regularidade diante da "maratona" de jogos, uma vez que a equipe está nas quartas de final da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana. A campanha do primeiro turno é fraca, com 29,6% de aproveitamento. Em 19 jogos, são apenas quatro vitórias, cinco empates e 10 derrotas.

Com o apoio da torcida, a expectativa era de uma pressão inicial do Atlético-GO. Mas aconteceu o inverso. O América-MG dominou as ações no meio-campo e descia ao ataque tentando explorar as costas dos laterais goianos.

continua após publicidade

O time mineiro até abriu o placar aos nove minutos, após desvio de cabeça na pequena área do zagueiro Camutanga. Seria um gol contra, não fosse o VAR apontar um impedimento no lance. Mas o América-MG manteve o ritmo e fez seu gol aos 32 minutos, quando Lucas Kal fez passe diagonal para Felipe Menezes. Ele bateu cruzado na saída do goleiro Ronaldo.

Na volta do intervalo ficou clara a insatisfação do técnico Jorginho Campos com seu time ao promover quatro trocas. Exceção do atacante Peglow no lugar do volante Willian Maranhão, as demais substituições foram de jogadores da mesma posição. A ideia era dar um choque no Atlético-GO.

Esta primeira reação se transformou em chances de gol nos primeiros minutos. Aos cinco minutos, Wellington Rato finalizou na pequena área e Matheus Cavichioli desviou para escanteio, numa grande defesa. Aos 17 minutos, o goleiro contou com a sorte, porque apenas ficou olhando para o chute forte de Peglow que explodiu no travessão.

continua após publicidade

O América-MG foi acuado ao seu campo defensivo e não conseguia mais usar os contra-ataques. A partir daí, a estratégia do técnico Vagner Mancini era apenas garantir a vitória. Fechou sua defesa com a entrada do zagueiro Conti no lugar do atacante Felipe Azevedo. Em atitude inversa, Jorginho campos posicionou seu time todo no ataque, com a saída de um defensor (Camutanga) para a entrada de outro atacante - Churín.

Apesar da pressão, o Atlético-GO não conseguiu fazer as infiltrações para finalizar perto da grande área e deixou o campo vaiado. O América-MG soube sofrer na marcação e comemorou muito a vitória reabilitadora.

No outro fim de semana, pela abertura do segundo turno, o Atlético-GO vai pegar o Flamengo, sábado, no Maracanã, enquanto o América-MG vai receber o Avaí, domingo, no Independência, em Belo Horizonte (MG). Antes disso, eles vão focar na abertura das quartas de finais da Copa do Brasil. Na quarta-feira, o timer goiano vai receber o Corinthians. No dia seguinte, o América-MG enfrentará o São Paulo, no Morumbi.

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-GO 0 X 1 AMÉRICA-MG

continua após publicidade

ATLÉTICO-GO - Ronaldo; Hayner (Dudu), Camutanga (Churín), Edson e Arthur Henrique (Jefferson); Willian Maranhão (Peglow), Marlon Freitas e Jorginho; Airton (Kelvin), Ricardinho e Wellington Rato; Churín. Técnico: Jorginho Campos.

AMÉRICA-MG - Matheus Cavichioli; Raul Cáceres (Everaldo), Luan Patrick (Iago Maidana), Éder e Marlon; Lucas Kal, Arthur (Patric), Matheusinho, Juninho e Felipe Azevedo (Conti); Henrique Almeida (Carlos Alberto). Técnico: Vagner Mancini.

GOL - Felipe Azevedo, aos 32 minutos do primeiro tempo.

CARTÃO AMARELO - Marlon (América-MG).

ÁRBITRO - Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO).