Esportes

Alisson diz que São Paulo não ficou abatido por pênalti perdido: ‘Corremos atrás’

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O São Paulo abriu o placar contra o Avaí no final do primeiro tempo e teve a chance de ampliar para 2 a 0 logo no início do segundo, mas um pênalti desperdiçado por Calleri impediu que isso acontecesse. Mais tarde, caiu de rendimento e deixou o adversário buscar o empate por 1 a 1. O desfecho, na opinião do meia-atacante Alisson, não foi uma consequência direta da cobrança errada do companheiro argentino, artilheiro do time.

continua após publicidade

"De forma alguma (o pênalti abateu o São Paulo). Nós corremos atrás, ainda tivemos algumas chances, assim como eles também. Foi um jogo bastante movimentado, os dois times tiveram oportunidades de sair do jogo com a vitória", comentou o jogador são-paulino em entrevista no gramado.

O resultado deixou o São Paulo na sexta colocação do Campeonato Brasileiro, com 14 pontos. Caso tivesse vencido, ficaria provisoriamente em segundo lugar. Por isso, Alisson lamentou o resultado, apesar de considerar importante o ponto somado jogando na casa do Avaí, em Florianópolis.

continua após publicidade

"Esperávamos vir aqui e conseguir a vitória. Fizemos um bom primeiro tempo, novamente saímos na frente. Infelizmente, no segundo tempo, eles conseguiram ter mais posse de bola, nos agrediram ali. Faz parte, agora é trabalhar em cima dos erros que a gente vem tendo, para melhorar, mas é um ponto importante também. É importante somar sempre. A gente sai chateado, mas quinta-feira tem mais um jogo importantíssimo", avaliou.

A partida importante citada pelo meia é contra o Coritiba, pela décima rodada do Brasileirão. Será mais um duelo na região Sul do país, agora no Couto Pereira, na capital paranaense.