Esportes

Algoz de Federer, Basilashvili é campeão em Doha; Muguruza fatura título em Dubai

Da Redação ·

Após surpreender Roger Federer nas quartas de final, o georgiano Nikoloz Basilashvili se sagrou campeão do Torneio de Doha, no Catar. Neste sábado, ele superou na final o espanhol Roberto Bautista Agut por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/2. Foi o quarto título de nível ATP do tenista de 29 anos.

continua após publicidade

Basilashvili passou a chamar atenção na quadra dura de Doha ao eliminar Federer no segundo jogo do suíço em seu retorno às quadras, após 13 meses de afastamento. Com uma grande atuação, o georgiano soube aproveitar as oscilações do ex-número 1 do mundo para obter uma de suas maiores vitórias da carreira. "Foi um sonho que se tornou realidade", dissera o tenista da Geórgia.

O título marca nova fase na trajetória de Basilashvili, que chegou a acumular nove derrotas seguidas no segundo semestre da temporada passada. A má fase coincidiu com uma acusação de violência doméstica por parte de sua esposa.

continua após publicidade

O torneio catariano, apesar de ser do nível ATP 250, reuniu tenistas de peso no circuito. O austríaco Dominic Thiem e o russo Andrey Rublev, atuais quarto e oitavo colocados do ranking, ficaram pelo caminho. Ambos foram eliminados por Bautista Agut, que não conseguiu repetir as boas atuações neste sábado.

MUGURUZA VOLTA A SER CAMPEÃ - No circuito feminino, o destaque foi a espanhola Garbiñe Muguruza, que voltou a ser campeã após enumerar três vice-campeonatos nos últimos meses. Na final do Torneio de Dubai, de nível WTA 1000, nos Emirados Árabes Unidos, ela superou a checa Barbora Krejcikova por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (8/6) e 6/3.

Muguruza vinha dos vices em Doha e do Aberto da Austrália. Ela não levantava um troféu desde 2019. Agora a ex-número 1 do mundo soma oito títulos na carreira. Atual número 16 do mundo, ela deve ganhar três posições na atualização do ranking, na segunda-feira.