Esportes

Al Ahly aproveita expulsões do Al Hilal e volta a ficar em 3º no Mundial

Da Redação ·

Terceiro colocado da edição passada do Mundial de Clubes, o Al Ahly voltou a integrar o pódio do torneio da Fifa neste sábado. Com dois a mais em campo desde a metade do primeiro tempo, após as expulsões do brasileiro Matheus Pereira e de Kanno, o time do Egito goleou o Al Hilal por 4 a 0, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos.

continua após publicidade

Assim, o Al Ahly celebra a terceira colocação pelo segundo ano consecutivo. Em fevereiro de 2021, quando foi disputada a edição de 2020, perdeu para o Bayern de Munique na semifinal e venceu o Palmeiras nos pênaltis na disputa para definir qual clube ficava em terceiro. Na atual edição, perdeu a semi justamente para o time palmeirense, por 2 a 0, antes de disputar o pódio contra a equipe da Arábia Saudita.

O jogo ficou praticamente definido ainda no primeiro tempo. Depois que Yasser Ibrahim abriu o placar para o time egípcio, com apenas oito minutos de bola rolando, o brasileiro Matheus Pereira, um dos destaque do Al Hilal no Mundial, foi expulso após uma entrada dura e deixou o time em uma situação delicada, com um a menos em campo.

continua após publicidade

Não demorou para a situação ficar ainda pior para o time árabe, pois o roteiro de gol seguido de expulsão se repetiu.Ibrahim fez o segundo gol do Al Ahly aos 17 minutos, pouco antes de Kanno também ser expulso, por agressão. Aos 40, após passar por dois marcadores dentro da área, Abdelkader fez o terceiro para fechar o primeiro tempo.

Em um segundo tempo diante de um adversário para lá de desanimado, o Al Ahly fez o básico e garantiu a goleada. O quarto e último gol do jogo saiu dos pés de El Solia, que arriscou de fora da área aos 19 minutos e viu a bola morrer na rede para fechar o placar da tranquila conquista do terceiro lugar.