Esportes

Água Santa vence 'duelo de morte' e deixa Ponte Preta à beira do rebaixamento

Da Redação ·

No duelo de morte em Campinas contra o rebaixamento, o Água Santa levou a melhor e venceu a Ponte Preta, por 1 a 0, neste sábado à noite, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista. Agora só restam duas rodadas para o término da fase inicial e a Ponte Preta não depende somente de suas forças para evitar sua queda à Série A2 em 2023. O gol foi marcado por Vinícius em um erro do zagueiro Dedé.

continua após publicidade

O time de Diadema chegou aos 10 pontos e além de deixar a penúltima posição na classificação geral, agora aparece em segundo lugar do Grupo A, liderado pelo Corinthians, com 17. O Água Santa vinha de três derrotas consecutivas que derrubaram o técnico Sérgio Guedes. Tanto que o time foi comandado pelo interino Sérgio Simões.

A Ponte Preta, que vinha de três derrotas e um empate, continua com oito pontos, mas caiu para a 14ª posição. E pode ao término da rodada ficar na zona de rebaixamento, desde que a Inter de Limeira, com oito pontos, pelo menos empate com o Novorizontino, em Novo Horizonte.

continua após publicidade

Como só a vitória interessava aos dois times, havia a certeza de quem buscariam o gol, cada qual à sua maneira. A Ponte Preta começou dando a impressão de que se imporia e quase abriu o placar numa cabeça da Fessin, mas para fora, aos 17 minutos.

O Água Santa respondeu com um chute forte e de fora da área de Alex Silva, que o goleiro Ygor Vinhas não se arriscou a defender, espalmando para o lado, aos 22 minutos.

O visitante já tinha perdido o meia Matheus Oliveira machucado e Vinícius, formado na base, entrou em seu lugar. O garoto deu sorte ao receber um presente do experiente zagueiro Dedé, que na intermediária tentou recuar a bola ao goleiro Vinícius, rapidamente, interceptou o passe, driblou o Ygor Vinhas e de pé esquerdo bateu para as redes aos 31 minutos.

continua após publicidade

O Água Santa ainda deu um susto aos 37 minutos, quando Vinícius finalizou de novo para as redes. Mas estava impedido após chute de Álvaro, que desviou em Dedé. O VAR confirmou o impedimento. Aos 41 minutos, a Ponte Preta também perdeu um jogador machucado. O lateral Norberto esticou a perna e sentiu uma lesão muscular, sendo substituído por Igor Formiga.

Na saída de campo no intervalo, Dedé pediu desculpas aos companheiros e também levantou o braço em direção às arquibancadas, reconhecendo que tinha falhado no lance do gol.

No segundo tempo aconteceu o esperado. Em vantagem, o Água Santa se mostrou mais cauteloso, na espera de roubar uma bola para contra-atacar. O time da casa ainda criou uma boa chance aos dois minutos, num chute forte de Lucca e que o goleiro Victor Souza espalmou. Mas foi só isso.

continua após publicidade

O técnico Hélio dos Anjos ainda tentou dar força à Ponte Preta com duas mudanças. Uma delas foi a entrada do volante Marcos Júnior no lugar de Dedé, recuando Léo Santos para a defesa. Outra com o atacante Niltinho na vaga do meia Matheus Anjos. As alterações, porém, não deram efeito positivo.

Nas últimas duas rodadas, a Ponte Preta vai sair diante do Corinthians e vai receber o Ituano. Enquanto isso, o Água Santa vai receber o Santo André e sair contra o Santos.

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 0 X 1 ÁGUA SANTA

PONTE PRETA - Ygor Vinhas; Norberto (Igor Formiga), Dedé (Marcos Júnior), Thiago Oliveira e Kevin (Jean Carlos); Léo Santos, Léo Naldi (João Pedro), Matheus Anjos (Niltinho) e Fessin; Lucca e Ribamar. Técnico: Hélio dos Anjos.

continua após publicidade

ÁGUA SANTA - Victor Souza; Alex Silva, Marcondes, Jeferson Bahia e Rhuan (Alyson); Rodrigo Sam, Caíque e Matheus Oliveira (Vinícius); Dadá Belmonte, Lelê e Álvaro (David Kaiki). Técnico: Sérgio Simões (interino).

GOL - Vinícius aos 31 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Vinícius Furlan

CARTÃO AMARELO - Rodrigo Sam e Caíque (Água Santa).

RENDA - R$ 44.980,00.

PÚBLICO - 2.472 pagantes (2.642 total).

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).