Esportes

Ágatha/Duda bate suíças medalhistas olímpicas pela 2ª rodada do World Tour Finals

Da Redação ·

As brasileiras Ágatha e Duda venceram nesta quinta-feira, no segundo dia de disputa no World Tour Finals, em Cagliari, na Itália. Na segunda partida delas pelo Grupo B da competição, as líderes do ranking derrotaram as suíças Anouk Vergé-Dépré e Joana Heidrich, medalhistas de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, por 2 sets a 1 - com parciais de 21/18, 23/25 e 15/11.

continua após publicidade

"A primeira vitória no torneio é muito importante porque é um torneio especial, com as melhores duplas do ranking. Foi um jogo bem difícil, de 2 a 1. A gente estava na frente, foi para o tie-break, mas deu tudo certo e a gente conseguiu vencer uma dupla que foi bronze nas Olimpíadas, uma dupla bem difícil", afirmou Duda.

Nesta sexta-feira, no último dia da fase de grupos, as brasileiras entram em quadra às 6 horas (de Brasília) para enfrentar Sarah Sponcil e Kelly Claes, dos Estados Unidos. Mais tarde, às 14 horas, Ágatha e Duda jogam contra as holandesas Sanne Keizer e Madelein Meppelink.

continua após publicidade

"Amanhã (sexta-feira) tem que se concentrar bem para esses dois jogos, para tentar fazer a melhor pontuação e seguir no torneio. É muito legal jogar aqui, é uma experiência incrível estar no quarto Finals com a Ágatha. É um torneio diferenciado, você se motiva jogando esse torneio, e é muito divertido estar aqui", destacou Duda.

No formato de disputa, as 10 duplas de cada gênero serão divididas em dois grupos com cinco times cada, que jogam entre si. O primeiro em cada chave avança direto às semifinais, enquanto que aqueles que ficarem em segundo e terceiro jogam as quartas de final.

Na história do World Tour Finals, o Brasil tem 12 medalhas. Na primeira edição, em 2015, em Fort Lauderdale (Estados Unidos), foram quatro medalhas: ouro com Alison/Bruno Schmidt e Larissa/Talita e bronze para Pedro Solberg/Evandro e Ágatha/Bárbara Seixas.

continua após publicidade

Toronto, no Canadá, recebeu a competição em 2016 com ouro para Alison/Bruno Schmidt e prata para Pedro Solberg/Evandro. Em 2017, o evento aconteceu em Hamburgo, na Alemanha, e Evandro/André ficou com a prata no masculino, mesmo resultado de Ágatha/Duda no feminino, que ainda teve o terceiro lugar de Larissa/Talita.

A cidade alemã recebeu novamente o Finals em 2018, que contou com o título de Ágatha/Duda. A edição mais recente foi em 2019, em Roma, na Itália, e o Brasil subiu ao pódio feminino com Ágatha/Duda em segundo lugar e Ana Patrícia/Rebecca em terceiro.