Esportes

Cruzeiro faz jus às "19 torcidas" e bate Corinthians

Da Redação ·
Danilo divide de cabeça com cruzeirense. Timão lutou, mas foi superado
fonte: Fernando Dantas/Gazeta Press
Danilo divide de cabeça com cruzeirense. Timão lutou, mas foi superado

O Cruzeiro foi ao Pacaembu enfrentar o Corinthians neste domingo (24) contando com o apoio de seus torcedores e dos fãs dos 18 demais participantes da elite brasileira, e fez jus ao incentivo extra, vencendo o jogo por 1 a 0 e derrubando a invencibilidade alvinegra na competição.

continua após publicidade

A partida foi bastante movimentada, especialmente nos primeiros minutos, quando as equipes se alternaram no campo de ataque e perderam três ótimas chances para abrir o placar em menos de dez minutos.

continua após publicidade

O Corinthians chegou perto de inauguar o marcador com Emerson, a 1min e aos 8min, e o Cruzeiro deu a resposta com o lateral-direito Vítor, aos 3min, em chute forte, que o estreante goleiro Renan quase “aceitou”.

continua após publicidade

O jogo continuou em ritmo intenso, e o Cruzeiro, bem armado por Joel Santana, chegou a encurralar o Corinthians em sua área em determinados momentos do primeiro tempo, mas não conseguiu traduzir a superioridade em gols.

No lance derradeiro antes do intervalo, Emerson, um dos melhores em campo, foi lançado em velocidade, invadiu a área pela esquerda e, quando se preparava para bater, foi travado por Gil, que conseguiu evitar a abertura do marcador no primeiro tempo.

continua após publicidade

O Timão voltou para a etapa final pressionando, e chegou muito perto do gol antes dos seis minutos, primeiro com Paulinho e depois com Willian, ambos em chutes fortes, de fora da área, mas sem a direção correta.

continua após publicidade

O Cruzeiro demorou um pouco mais para entrar no jogo, mas conseguiu equilibrar novamente as ações a partir dos 15min, deixando apreensiva a torcida alvinegra, que lotou o Pacaembu na esperança de ver a oitava vitória consecutiva da equipe.

O nervosismo aumentou ainda mais aos 10min do segundo tempo, quando Wallyson ganhou a dividida com Ralf no meio-campo, viu Renan adiantado e mandou uma bomba, encobrindo o estreante da tarde, marcando um golaço e jogando por terra a invencibilidade do líder no Brasileirão.

A torcida corintiana fez a sua parte e passou a empurrar ainda mais o Corinthians para cima do Cruzeiro, mas o time mineiro soube controlar os nervos, tocar a bola, segurar as investidas e conquistar o que nenhum time ainda havia alcançado na competição: três pontos em um jogo contra o Alvinegro do Parque São Jorge.