Esportes

Flamengo supera Flu pelo alto e garante quarta vitória seguida

Da Redação ·

Em clássico nervoso e disputado, o Flamengo contou com sua bola área para superar o Fluminense. O clássico disputado neste domingo no Engenhão contou com gol de Willians, que desviou cruzamento do ex-tricolor Thiago Neves e garantiu a vitória por 1 a 0 no clássico. De quebra, o time rubro-negro chegou a sua quarta vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro.

continua após publicidade


Ainda invicto, com cinco triunfos e quatro empates, o Flamengo é vice-líder da Série A com este resultado. A equipe carioca tem três pontos a menos e um jogo a mais que o Corinthians, primeiro colocado com 22 pontos.


O jogo
A primeira boa jogada da partida saiu aos 2min, com Ciro, que fez um "drible da vaca" para cima de Ronaldo Angelim e cruzou na área, mas a defesa flamenguista afastou o perigo. Apesar do jogo aberto, era o Flu que tinhas as melhores oportunidades. Aos 9min, Souza fez bom lançamento para Ciro, que chutou forte para a defesa de Felipe.

continua após publicidade


A pressão tricolor prosseguiu, e aos 14min Ciro recebeu passe de peito de Marquinho, mas não conseguiu a finalização. Com pouca precisão nos passes e nos arremates, o Flamengo tinha dificuldade de chegar ao ataque. Exemplo disso foi a finalização de Thiago Neves aos 20min, que passou longe do gol de Diego Cavalieri.


Aos 24min, o Flu voltou a ter boa chance em cruzamento de Carlinhos que Rafael Moura cabeceou na trave. Os rubro-negros tentaram acionar Ronaldinho, que não conseguiu criar boas jogadas. O excesso de passes errados - mais de 50 antes do intervalo - reduziu a qualidade da partida.


A partida parecia seguir ao intervalo sem gols, mas Willians inaugurou o placar aos 46min. Junior César tocou para Thiago Neves na entrada da área, que cruzou de primeira na cabeça do volante. O camisa 8 apenas teve o trabalho de empurrar para o gol e correr para a comemoração.

continua após publicidade


Segundo tempo
A partida voltou truncada e nervosa depois do intervalo, dando espaço para a polêmica. Aírton e Souza começaram a se desentender e o meia do Flu acertou o braço no rosto do volante aos 10min, mas o árbitro deu cartão amarelo para o flamenguista. Três minutos depois, em frente ao juiz Rodrigo Nunes de Sá, Aírton revidou e deu um tapa em Souza, mas desta vez ninguém foi advertido.


O primeiro lance bom envolvendo futebol saiu aos 15min, quando Rafael Moura desviou de cabeça um cruzamento de Souza e Felipe espalmou para escanteio. Para tentar melhorar o panorama do jogo, Luxemburgo sacou o apagado Deivid para a entrada de Negueba, buscando dar velocidade ao contra-ataque rubro-negro.


Já Abel Braga apostou nas saídas de Diguinho, Marquinho e Diogo para as entradas de Fernando Bob, Rodriguinho e Matheus Carvalho. O Fluminense prosseguiu no ataque e teve excelente chance de empatar aos 32min, quando Rafael Moura cruzou na área, Edinho fez o corta-luz e Rodriguinho finalizou para fora.


Apostando no erro do Flu, o Flamengo teve oportunidade interessante aos 38min. Botinelli cobrou falta na entrada da área e a bola passou perto do ângulo direito de Cavalieri. Já o Flu respondeu três minutos depois, em cabeçada de Ciro que passou por cima do travessão.