Esportes

Pressionado, Brasil recebe ultimato contra Paraguai

Da Redação ·
Mano Menezes manteve a escalaçãopara o jogo contra o Paraguai
fonte: Arquivo
Mano Menezes manteve a escalaçãopara o jogo contra o Paraguai

A decepcionante estreia na Copa América contra a Venezuela colocou o Brasil novamente na mira da torcida, insatisfeita com as últimas exibições da seleção. A chance de recuperar a confiança dos torcedores será neste sábado (9), às 16h, contra o Paraguai, em Córdoba (ARG), quando Mano Menezes testará o limite de sua tolerância.

continua após publicidade

Se repetir a fraca atuação do empate por 0 a 0 da primeira rodada, é bem provável que o treinador faça suas duas primeiras vítimas: o volante Ramires e o atacante Robinho, contestados e ameaçados de perder a titularidade.

continua após publicidade

Durante a semana, Mano Menezes chegou a sacar ambos durante um coletivo e colocou Elano e Lucas. Porém, desistiu de mexer na equipe e dará um voto de confiança, apesar de toda pressão que envolve a seleção brasileira.

continua após publicidade

- Nós nos preocupamos em acuar a Venezuela e acabamos pecando um pouco, pois algumas vezes faltou calma da nossa parte. Precisamos trazer o adversário para o nosso campo para termos os espaços necessários para chegarmos ao gol. Contra o Paraguai vamos precisar de mais objetividade e um melhor posicionamento tático.

No discurso dos jogadores, um resquício ainda da era Dunga, quando a imprensa e o torcedor eram alvos dos jogadores. O lateral-direito Daniel Alves, remanescente daquela equipe eliminada nas quartas de final da Copa de 2010, afirmou que a torcida está “mal-acostumada”.

continua após publicidade

- As cobranças são aceitáveis. A seleção brasileira mal acostumou o povo, e a gente acaba pagando por isso. Vamos chamar a responsabilidade. Temos jogadores jovens, que precisam de paciência, mas cobraremos uns aos outros. Tentaremos melhorar o que estamos fazendo de errado.

continua após publicidade

Pelo lado do Paraguai, que também estreou pelo Grupo B com empate sem gols com o Equador, o técnico Gerardo Martino prometeu uma postura mais ofensiva. Ele não quer ver sua equipe jogando muito recuada diante dos brasileiros.


...
- Conhecemos muito bem a seleção brasileira e sabemos que não podemos ficar na defesa, esperando que ela tome a iniciativa do confronto. Temos que atacar também e buscar a vitória. Senão os nossos problemas irão aumentar. O segredo nesses casos é jogar de igual para igual.

continua após publicidade

Os paraguaios terão apenas um problema para este jogo. O meia Edgar Barreto, com lesão no pé esquerdo, foi vetado pelo departamento médico. Víctor Cáceres, recuperado de lesão no joelho esquerdo, será o seu substituto.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X PARAGUAI

Local: Estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba (Argentina)
Data: 9 de julho de 2011 (Sábado)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)
Assistentes: Humberto Clavijo (Colômbia) e Francisco Mondria (Chile)

BRASIL: Julio Cesar, Daniel Alves, Lúcio, Thiago Silva e André Santos; Lucas Leiva, Ramires e Paulo Henrique Ganso; Robinho, Alexandre Pato e Neymar
Técnico: Mano Menezes

PARAGUAI: Justo Villar, Iván Piris, Darío Verón, Aureliano Torres e Paulo Da Silva; Víctor Cáceres, Néstor Ortigoza, Christian Riveros e Marcelo Estigarribia; Roque Santa Cruz e Lucas Barrios