Esportes

Presidente do Santos confirma o acerto com Borges

Da Redação ·
Borges já é jogador do Santos. O presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro confirmou, no início da noite desta segunda-feira, que o atacante vai estar entre esta terça e quarta no Centro de Treinamento Rei Pelé, em Santos, para fazer os exames médicos e assinar contrato por dois anos. De acordo com o dirigente, o novo reforço santista inclusive prometeu assistir ao jogo contra o Cerro Porteño, do Paraguai, nesta quarta, no Pacaembu, pela partida de ida das semifinais da Copa Libertadores da América. "Entre Santos e Borges, Grêmio e Marquinhos está tudo certo", disse o presidente santista. Ele esclareceu que o meia está emprestado ao Avaí até o fim do ano, mas provavelmente vai se apresentar ao clube gaúcho após o término da Copa do Brasil - o time catarinense enfrenta o Vasco pelas semifinais e faz o confronto de volta nesta quarta, em Florianópolis. O Santos cedeu ao Grêmio os seus 50% sobre os direitos econômicos sobre Marquinhos. Borges tem 30 anos de idade e já trabalhou com o técnico Muricy Ramalho no São Caetano, em 2004, quando conquistou o título do Campeonato Paulista, e no São Paulo, onde foi bicampeão do Campeonato Brasileiro (2007/2008). O Santos será o seu 11.º clube na carreira - já passou por Arapongas (PR), Internnacional (Bebedouro-SP), Jataiense (GO), São Caetano, Paysandu (PA), União São João (SP), Paraná (PR), Vegalta Sendai (Japão), São Paulo e Grêmio. Depois de perder um pênalti na decisão do segundo turno do Campeonato Gaúcho contra o Internacional, no estádio Beira-Rio, e ser expulso diante do Universidad Católica, do Chile, em Porto Alegre, pela partida de ida das oitavas de final da Libertadores, ele foi colocado em disponibilidade pelo técnico Renato Gaúcho. Consta que o seu salário no Grêmio era de R$ 200 mil mensais.
continua após publicidade