Esportes

Inter arranca empate contra reservas do Santos na Vila

Da Redação ·
O Internacional não conseguiu aproveitar neste sábado a vantagem de enfrentar os reservas do Santos e decepcionou em sua estreia no Brasileirão. Jogando na Vila Belmiro, o campeão gaúcho empatou por 1 a 1 com o campeão paulista, após sair atrás no placar, e desperdiçou a chance de iniciar o campeonato com três pontos na tabela. Keirrison, de pênalti, abriu o marcador, mas Zé Roberto igualou ainda no primeiro tempo, em jogo morno que não contou com as estrelas santistas. Preocupado com a partida de ida da semifinal da Copa Libertadores, na próxima quarta-feira, contra o Cerro Porteño, o time santista entrou em campo com um time reserva. O técnico Muricy Ramalho poupou todos os titulares e nem compareceu ao banco de reservas para comandar a equipe, tarefa que coube ao auxiliar Marcelo Martelotte. Sem seus principais jogadores, o Santos não conseguiu se impor no início de jogo e viu o Internacional dominar as ações com certa facilidade. Os visitantes, porém, chegavam com pouco perigo ao ataque. A primeira boa oportunidade de gol só surgiu aos 25 minutos, em escapada de Kleber pela esquerda. Mas Leandro Damião não aproveitou o cruzamento rasteiro na pequena área. Tímido em campo, o Santos foi mais eficiente ao converter sua melhor chance no primeiro tempo. Aos 27, Tiago Alves puxou rápido contra-ataque pela esquerda, invadiu a área e sofreu falta de Daniel: pênalti. Na cobrança, Keirrison bateu firme no alto e abriu o placar para os donos da casa. O gol não abalou o Internacional, que manteve o domínio no meio-campo e a maior presença no ataque. O empate não demorou para sair. Aos 35 minutos, Zé Roberto escorou cruzamento de Kleber, da esquerda, e acertou o ângulo do gol de Aranha. Depois do susto no primeiro tempo, o Inter decidiu acelerar o jogo no início do segundo tempo, com investidas de Oscar e Leandro Damião no ataque. Zé Roberto quase virou o placar ao completar com perigo levantamento na área de Oscar, em cobrança de falta. Aranha se esticou para fazer grande defesa, logo aos 5 minutos. Desta vez, porém, o Santos evitou a postura recuada do primeiro tempo e manteve o duelo equilibrado. Keirrison teve boa chance de marcar seu segundo gol na partida, aos 16, ao receber bela enfiada pela direita. Mas desperdiçou a oportunidade ao tentar driblar o goleiro Renan. Diante da dificuldade do Inter, favorito contra os reservas do Santos, o técnico Falcão decidiu trocar Oscar por Cavenaghi, na tentativa de dar maior ofensividade ao time. A estratégia, porém, não deu resultado e os visitantes tiveram que se contentar com o empate. Os dois times voltam a campo no próximo sábado para a segunda rodada do Brasileirão. O Santos enfrentará o Botafogo, no Engenhão, enquanto o Internacional jogará diante de sua torcida, no Beira-Rio, contra o Ceará. Ficha Técnica: Santos 1 x 1 Internacional Santos - Aranha; Bruno Aguiar, Bruno Rodrigo e Vinicius Simon; Pará, Charles, Rodrigo Possebon (Anderson Carvalho), Felipe Anderson e Alex Sandro; Tiago Alves (Richely) e Keirrison. Técnico: Muricy Ramalho. Internacional - Renan; Daniel, Bolívar, Juan e Kleber; Bolatti (Fabrício), Guiñazu, Tinga e Oscar (Cavenaghi); Zé Roberto (Ricardo Goulart) e Leandro Damião. Técnico: Paulo Roberto Falcão. Gols - Keirrison (pênalti), aos 28, e Zé Roberto, aos 35 minutos do primeiro tempo. Cartões amarelos - Charles, Bruno Aguiar (Santos); Bolatti (Internacional). Árbitro - Sandro Meira Ricci (Fifa-DF). Renda - Não disponível. Público - 4.532 pagantes. Local - Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).
continua após publicidade