Esportes

Real goleia por 8 a 1, e Cristiano Ronaldo bate recorde

Da Redação ·
Após desbancar Lionel Messi na briga pela artilharia do Campeonato Espanhol, o meia Cristiano Ronaldo quebrou o recorde de gols da competição, neste sábado, ao marcar seu 40.º gol na goleada de 8 a 1 do Real Madrid sobre o rebaixado Almería, no Santiago Bernabéu, pela última rodada. Com os dois gols deste sábado, o português superou as marcas históricas de 38 gols de Telmo Zarra, do Athletic de Bilbao, e Hugo Sanchez, do próprio Real Madrid. Estes recordes foram registrados nas temporadas 1950/51 e 1989/90, respectivamente. O Campeonato Espanhol começou a ser disputado em 1929. Em grande fase, Cristiano Ronaldo encerrou a temporada com a incrível marca de 52 gols, incluindo a Copa do Rei e a Liga dos Campeões. O português e Messi se tornaram os primeiros jogadores do Campeonato Espanhol a superar a marca de 50 gols em uma temporada. Também com 52 gols, o argentino poderá aumentar sua soma na final da Liga dos Campeões, no próximo sábado. Cristiano Ronaldo entrou em campo neste sábado a apenas um gol do recorde. E não demorou para assegurar a marca histórica. Logo aos quatro minutos, ele completou cruzamento na área e correu para comemorar o feito com os companheiros de time. Adebayor aumentou a vantagem, aos 31, dois minutos antes do Almería esboçar uma reação, com gol de Uche. Mas o Real voltou embalado para o segundo tempo. E tratou de ampliar o placar aos três minutos, com Benzema, que anotou mais um aos 17. Adebayor, mais duas vezes, e Joselu também balançaram as redes. Destaque do dia, Cristiano Ronaldo marcou seu segundo gol aos 31, em forte chute da entrada da área. Com sua 29.ª vitória no Espanhol, o Real encerrou sua campanha na segunda colocação da tabela, com 92 pontos, quatro a menos que o campeão Barcelona. Já o Almería terminou na última colocação, com apenas 30 pontos. Ainda neste sábado, o também rebaixado Hércules empatou por 0 a 0 com o Sporting Gijon, em casa. O time anfitrião encerrou o campeonato na penúltima posição, com 35 pontos, enquanto o Gijon ficou com 47, à espera dos demais resultados para definir sua colocação final na tabela.
continua após publicidade