Esportes

Jefferson é expulso e Botafogo empata em amistoso

Da Redação ·
O clichê mais uma vez faz-se necessário: tem coisas que só acontecem com o Botafogo. Neste sábado, o amistoso contra o América-MG, em Juiz de Fora, que terminou com um empate em 1 a 1, acabou marcado por uma situação constrangedora logo no início do jogo. Com oito minutos de partida, Lucas cobrou mal uma falta e armou o contra-ataque para o América-MG. Eliandro ficou cara a cara com Jefferson, que saiu da área e deu um carrinho no atacante, na meia-lua. Falta e cartão vermelho para o goleiro da seleção brasileira. Caio Júnior então se levantou de seu banco de reservas e foi até o do adversário, para pedir que Mauro Fernandes autorizasse o Botafogo a substituir Jefferson por Renan, ignorando as regras do jogo. Depois de dez minutos de argumentação, o árbitro Emerson de Almeida Ferreira decidiu proibir a troca, confirmou o vermelho ao goleiro e obrigou o treinador alvinegro a tirar Alex para a entrada do reserva. Mesmo com um jogador a menos, foi o Botafogo que abriu o placar, aos 21 minutos. Thiago Galhardo, que estreava como titular da equipe, acertou belo chute cruzado de fora da área e fez um golaço. No segundo tempo, Maicosuel substituiu Caio, mas quase não encostou na bola. O América-MG era melhor e conseguiu o empate aos 34 minutos, em um pênalti infantil de Fábio Ferreira em Daniel Lovinho. China converteu e decretou o empate.
continua após publicidade