Esportes

Santos vence e elimina jogo de volta na Copa do Brasil

Da Redação ·
 Jogadores do Santos comemoram com dancinha um dos gols do time.
fonte: Tarso Sarraf/AE
Jogadores do Santos comemoram com dancinha um dos gols do time.

O Santos não pôde contar com Robinho, mas Neymar não decepcionou a torcida que compareceu nesta quinta-feira (18), ao Mangueirão, comandando a vitória de sua equipe sobre o Remo, por 4 a 0, pela segunda fase da Copa do Brasil. Com grande atuação do jovem avante, que marcou dois gols (um deles de pênalti) e deu assistência para os outros dois gols, o Peixe fez a sua parte e garantiu a sua classificação as oitavas de final da competição.

continua após publicidade

Agora, o Alvinegro Praiano encara o vencedor de Fortaleza e Guarani. Os cearenses estão em vantagem na disputa, pois venceram o primeiro duelo, por 2 a 0, dentro de casa.

Enquanto não conhece o seu próximo rival na competição nacional, o Santos encara, com Neymar reforçando os reservas, o Red Bull New York, sábado, em amistoso que marca a inauguração da Red Bull Arena, em Nova Jersey (Estados Unidos). No dia seguinte, o Peixe tem o Ituano pela frente, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. Neymar, que foi expulso contra o Palmeiras, desfalca os santistas nesta partida.

continua após publicidade

Animado pelo apoio de sua torcida, o Remo, aos 10min, deu um susto no favorito Santos. Heliton fez boa jogada pela direita, mas o polivalente Pará, ao tentar afastar o perigo, mandou a bola na rede, pelo lado de fora.

Só que após esta chance, os santistas passaram a se impor. E aos 21min, em rápido contra-ataque, Paulo Henrique tocou para Marquinhos, que demonstrou grande visão de jogo ao encontrar Neymar livre na grande área. O jovem atacante dominou e com tranquilidade, bateu na saída de Adriano, abrindo o placar para o Peixe no Mangueirão.

Aos 42min, o Santos conseguiu balançar as redes adversárias mais uma vez. Neymar recebeu a bola de Ganso e partiu para a jogada individual, deixando seu marcador para trás, o goleiro no chão e, ao invés de bater para o gol, preferiu rolar para André, sozinho, completar: 2 a 0.

continua após publicidade


Classificação dos grupos do torneio
Antes do intervalo, os santistas quase marcaram o terceiro. Após boa troca de passes, Marquinhos arriscou uma finalização da entrada da área, exigindo grande defesa de Adriano, que se esticou todo, mandando a bola para escanteio.

Na volta para a etapa complementar, o Peixe trocou de uniforme - camisa listrada pela branca -, porém, não deixou de atacar. E a busca pelo gol foi recompensada, novamente, logo aos três minutos do segundo tempo. Neymar deu bela assistência para André, que dominou e na saída do goleiro do Remo, deixou a sua marca mais uma vez, fazendo a alegria da torcida do Alvinegro Praiano em Belém.

No entanto, o Santos levou mais um susto, logo depois. Aos 10min, o árbitro marcou pênalti de Edu Dracena em Gian. Na cobrança, Marciano caprichou demais e acabou mandando a bola no travessão de Felipe.

continua após publicidade

Com total controle do jogo, o Peixe passou a administrar mais o resultado. Aos poucos, o técnico Dorival Júnior foi poupando alguns de seus principais jogadores. André foi substituído por Madson, Marquinhos por Rodriguinho e Paulo Henrique por Maikon Leite.

E foi justamente esse último o responsável pelo lance do gol que fechou a goleada. Maikon Leite sofreu pênalti. Na cobrança, aos 36min, Neymar mostrou categoria e, com a "paradinha", enganou Adriano, marcando o quarto dos santistas no Mangueirão: 4 a 0 e vaga assegurada nas oitavas-de-final da Copa do Brasil.