Esportes

'Envergonhado', Ceni não poupa críticas após eliminação

Da Redação ·
A derrota por 3 a 1 para o Avaí, que eliminou o São Paulo da Copa do Brasil na noite da última quinta-feira, em Florianópolis, deixou o goleiro Rogério Ceni decepcionado e arrasado. O jogador afirmou estar "envergonhado" pela desclassificação no jogo de volta das quartas de final e não poupou críticas ao time, que chegou a abrir 1 a 0 no placar, mas não soube segurar a pressão do adversário e tomou a virada. "Fomos fracos. A culpa é única e exclusivamente nossa. Não mostramos ser um time de decisão. Não tivemos a mínima maturidade. Faltou mais concentração, ênfase e vontade. E olha que o Avaí nem pressionou tanto assim", ressaltou o ídolo são-paulino, para depois expor o seu constrangimento pela eliminação. "Você fazer 1 a 0, podendo perder de 2 a 1, e ainda tomar 3 a 1. Tenho vontade de enfiar minha cabeça dentro de um buraco", reforçou Rogério, sem esconder o abatimento na entrevista coletiva que concedeu após o confronto. Já o meia Lucas, que retornou ao time após se recuperar de lesão, não conseguiu ter uma boa atuação e lamentou as chances que o São Paulo perdeu de conquistar uma vitória por maior número de gols no duelo de ida contra o Avaí, no Morumbi. "Nossa equipe criou bastante. Mas os dois primeiros gols do Avaí foram um balde de água fria. Não podemos tirar os méritos deles, mas o primeiro jogo contou muito. Poderíamos ter vencido por um placar mais elástico", enfatizou.
continua após publicidade