Esportes

Dorival Jr. mantém tabu de vitórias, e Atlético-MG bate o Cruzeiro por 2 a 1

Da Redação ·

A vantagem no Campeonato Mineiro foi invertida. Neste domingo, o Atlético-MG venceu o Cruzeiro, por 2 a 1, na Arena do Jacaré, e, agora, poderá empatar a próxima partida que conquistará o bicampeonato estadual. Os gols do Galo foram marcados por Mancini e Patric. Wallyson descontou para o Cruzeiro. Todos foram marcados no primeiro tempo.

continua após publicidade

O Cruzeiro tinha a vantagem por ter feito melhor campanha na primeira fase. Porém, com a vitória na primeira partida da decisão, o Galo é que poderá administrar no próximo clássico, no outro domingo, às 16h (de Brasília), novamente em Sete Lagoas.

O jogo marcou a volta por cima, em uma mesma partida, do lateral-direito Patric, que falhou no gol de empate do Cruzeiro. Porém, o jogador, com muita personalidade, fez o gol da vitória atleticana.

continua após publicidade

Além disso, um tabu foi mantido. Pela quinta vez seguida, o técnico Dorival Júnior venceu um clássico mineiro, o terceiro pelo Atlético-MG. Nos anteriores, foram um 4 a 2 e um 4 a 3, defendendo o Cruzeiro, e dois 4 a 3, no banco de reservas do Galo.

Mais empenho e vantagem na primeira etapa

O Atlético-MG começou quente para cima do Cruzeiro. Logo no primeiro lance, o Galo teve uma chance incrível de gol. A dupla de atacantes alvinegra funcionou, e Mancini descolou um ótimo lançamento para Magno Alves, que dividiu com o goleiro Fábio. A bola, caprichosamente, foi pela linha de fundo.

Porém, aos 4 minutos, o Atlético-MG fez o primeiro gol. Em uma falta sofrida por Bernard, pela direita, Mancini fez a cobrança direta, enquanto todos esperavam um cruzamento. A bola estufou as redes de Fábio, e a torcida atleticana foi à loucura.