Esportes

Oeste bate Ponte Preta e é campeão do Título do Interior

Da Redação ·
A Ponte Preta viu o sonho do bicampeonato do Título do Interior do Campeonato Paulista ir por água abaixo neste sábado ao perder para o Oeste por 3 a 0, no estádio dos Amaros, em Itápolis, pela partida de volta da final. O grande nome da decisão foi o atacante Anselmo Ramon, autor de dois gols para o time rubro-negro. No primeiro jogo, em Campinas, na última quarta-feira, a Ponte Preta tinha vencido por 2 a 1. Essa é a primeira vez que o Oeste conquista o Título do Interior. No ano passado, chegou à semifinal, perdendo para o São Caetano. Enquanto isso, o time campineiro perdeu a chance de ser bicampeã do Interior, pois já havia conquistado o troféu em 2009 ao bater o Barueri, hoje Prudente, na decisão. Além do título, o Oeste também ficou com o prêmio da Federação Paulista de Futebol (FPF). O campeão leva R$ 250 mil, enquanto o vice tem direito a R$ 100 mil. Precisando vencer por pelo menos um gol para levar a decisão para os pênaltis, o Oeste partiu para cima da Ponte Preta e criou os principais lances de perigo. Na melhor oportunidade, Roger invadiu a área e bateu com força. A bola explodiu nas duas traves e sobrou para Anselmo Ramon, que concluiu para boa defesa de Bruno, o melhor jogador alvinegro no primeiro tempo. O time campineiro se preocupou mais em se defender, mas mesmo assim quase abriu o placar com Válber. Assim como no primeiro tempo, o Oeste voltou melhor do intervalo e conseguiu chegar ao gol logo no segundo minuto. Márcio Passos cobrou falta por cima da barreira, Bruno fez boa defesa, mas no rebote Anselmo Ramon completou para o fundo das redes. Depois, o artilheiro deixou novamente a sua marca aos 23. Ele passou por Leandro Silva e Mancuso, invadiu a área e bateu sem chances para Bruno. A Ponte Preta bem que tentou diminuir e levar a decisão para os pênaltis, mas não conseguiu furar o bloqueio defensivo do time da casa, bem armado pelo técnico Luis Carlos Martins. Afoita no ataque, abriu espaços para os contragolpes do Oeste, que ampliou o placar aos 47 minutos, com Fernandinho. Sem marcação na frente da área, ele soltou a bomba e saiu para festejar. O título estava garantido. Ficha técnica Oeste 3 x 0 Ponte Preta Oeste - Fábio; Cris, Paulo Miranda e Rafael Caldeira (Reinaldo); Dedê, Adriano, Márcio Passos, Roger e Fernandinho; Mazinho (Alex Willian) e Anselmo Ramon. Técnico: Luís Carlos Martins. Ponte Preta - Bruno; Guilherme, Ferrón, Leandro Silva e João Paulo; Josimar, Xaves (Mancuso), Válber e Renatinho (Ricardo Jesus); Tiago Luís e Rômulo (Eduardo Arroz). Técnico: Gilson Kleina. Gols - Anselmo Ramon, aos 2 e aos 23, e Fernandinho, aos 47 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos - Fernandinho, Rafael Caldeira, Anselmo Ramon e Dedê (Oeste); Xaves, Ferrón e Leandro Silva (Ponte Preta). Cartões vermelhos - Roger (Oeste); Guilherme (Ponte Preta). Árbitro - José Claudio Rocha Filho. Renda e público - Não disponíveis. Local - Estádio dos Amaros, em Itápolis (SP).
continua após publicidade