Esportes

Kaio Márcio e Felipe França obtêm índices para Mundial

Da Redação ·
As vitórias de Kaio Márcio Almeida nos 100 metros borboleta e de Felipe França nos 100 metros peito, com obtenção de vaga no Mundial de Esportes Aquáticos, foram os destaques do terceiro dia de finais do Troféu Maria Lenk, que está sendo realizado no Rio de Janeiro. Kaio Márcio Almeida, do Fluminense, que já estava classificado para os 200 metros borboleta no Mundial de Xangai, fez 52s11 para vencer a final dos 100 metros borboleta, superando o índice, que era de 52s33. Com a marca, ele também nadará o estilo borboleta no revezamento 4x100 metros medley no Mundial. "Fiquei feliz. Caí na água querendo muito esse índice. O tempo foi uma surpresa para mim. Agora é pensar no Mundial", disse. Felipe França venceu a disputa dos 100 metros peito, com o tempo de 1min00s71, e garantiu presença na prova no Mundial, assim como Felipe Lima. "São três anos tentando os 100 metros. Agora é só alegria. Não estou na minha melhor forma, apenas 60%". Foi como eu disse em Dubai, se eu perdesse peso, esses 100 metros sairiam. Perdi 10 quilos", disse. A prova também definiu que Felipe França vai nadar o estilo peito no revezamento 4x100 metros medley no Mundial. "Agora, mais tranquilo, com a vaga garantida, posso me concentrar nos treinos. Esse será o meu segundo Mundial em longa e também meu segundo Pan. Vou manter o foco nos treinamentos porque sei que dá pra baixar esse tempo ainda mais no Mundial", explicou. Nos 100 metros borboleta feminino, Daynara de Paula, do Minas Tênis, venceu (58s78) e seguiu como a única brasileira com índice para nadar a prova no Mundial. "Fiquei feliz. Nadei super bem. Dei algumas vaciladas, mas consegui o resultado. Agora é melhorar o tempo pra Xangai", afirmou. O tunisiano Oussama Mellouli, do Corinthians, ganhou a prova dos 400 metros livres(3min51s51). No feminino, Poliana Okimoto (4min15s27), do Corinthians, venceu a prova. A norte-americana Rebecca Soni, do Minas Tênis, venceu a versão feminina dos 100 metros peito com 1min05s79. CLUBES - Após a disputa das finais desta quinta-feira, o Minas Tênis segue na liderança folgada do Troféu Maria Lenk, com 1.463 pontos. O clube de Belo Horizonte é seguido por Corinthians, com 839 pontos, Pinheiros, com 753,50 pontos, e Flamengo, com 691 pontos.
continua após publicidade