Esportes

Beckham espera participar da Olimpíada de Londres

Da Redação ·
O astro David Beckham ainda tem esperanças de participar da equipe olímpica de futebol da Grã-Bretanha no próximo ano nos Jogos de Londres. Apesar de ter jogado a última das suas 115 partidas pela Inglaterra em outubro de 2009 e ter ficado fora da Copa do Mundo de 2010 por causa de lesão, o ex-capitão da seleção inglesa acredita que terá condições de jogar pela Grã-Bretanha na primeira participação da equipe no torneio olímpico de futebol desde 1960. Mas o meio-campista terá 37 anos quando o torneio de futebol começar em 25 de julho de 2012 e admitiu a possibilidade de fazer parte da comissão técnica. "Vamos ver. Mas eu gostaria de fazer parte dela de alguma forma. Eu adoraria participar. Eu adoraria ser um jogador, é claro, mas ser apenas uma parte dessa equipe seria incrível". O contrato de Beckham com o Los Angeles Galaxy se encerra em novembro e ele ainda precisa definir onde irá jogar depois disso. Mas ele já tem alguma experiência em trabalhos com comissão técnica, depois de perder sua quarta Copa do Mundo por conta de uma lesão no tendão de Aquiles. Ele acompanhou seus colegas de seleção na África do Sul e serviu como uma ligação entre o técnico Fabio Capello e os jogadores. "Para um time de futebol, ir para a Olimpíada, na Inglaterra é uma coisa enorme", disse Beckham. "Então sim, eu gostaria de fazer parte dela de alguma forma e jogando

seria um bônus". Beckham apareceu várias vezes com membros da candidatura de Londres, que assegurou o direito de receber os Jogos de 2012 e nasceu no leste da cidade, onde a Olimpíada será realizada."Eu sempre fui tão orgulhoso de representar meu país em muitas maneiras diferentes, especialmente quando eu joguei no campo", disse Beckham. "Mas representar meu país e trazer os Jogos Olímpicos, com a equipe que tínhamos, de volta para o leste de Londres, é razão de muito orgulho e vai ser uma situação surpreendente", completou. "Um grande evento em nosso país, no leste de Londres, inspira tantas pessoas diferentes, desde jovens até idosos. É algo que todos nós podemos nos orgulhar, e todos desfrutam".

continua após publicidade