Esportes

São Paulo e Santos decidem vaga na final sem saber se vencer é o melhor negócio

Da Redação ·
 Muricy Ramalho ainda está em dúvida se escala o time titular contra o São Paulo
fonte: Ricardo Saibun/GazetaPress
Muricy Ramalho ainda está em dúvida se escala o time titular contra o São Paulo

São Paulo e Santos decidem neste sábado (30) o primeiro finalista do Campeonato Paulista, a partir das 16h, no Morumbi, sem saber se vencer é realmente um bom negócio.

continua após publicidade

É claro que vencer e conquistar títulos é o princípio do futebol, mas o torneio estadual não é a prioridade das duas equipes no primeiro semestre, e quem for eliminado agora pode ganhar um “refresco” para as competições mais importantes.

O Santos joga nesta terça-feira (3) contra o América, pelas oitavas de final da Copa Libertadores – pode até perder por um gol para avançar, desde que marque ao menos uma vez, já que venceu o jogo de ida. No dia seguinte, o São Paulo recebe o Avaí, no Morumbi, na abertura do duelo pelas quartas de final da Copa do Brasil.

continua após publicidade

O time que for eliminado, apesar da frustração por perder a chance de mais um título, terá a “consolação” de diminuir um pouco o ritmo da maratona, com dois jogos semanais e pouco tempo para treinar, pelo menos até o início do Campeonato Brasileiro, que começa no dia 21.

No discurso, porém, ambos querem ganhar tudo. E os dois técnicos devem utilizar força máxima nas partidas, a não ser em caso de contusões ou dores de última hora. Muricy Ramalho, por exemplo, disse que não recebeu nenhuma instrução diferente da diretoria do Santos.

- Já trabalhei em muitos times de ponta e, em alguns, cheguei a perguntar aos dirigentes se havia uma estratégia do clube em priorizar uma ou outra competição. Não é o caso do Santos, que está tendo uma sequência de partidas decisivas na qual precisa jogar com a força máxima.

continua após publicidade

No São Paulo, o lateral Ilsinho vê o Paulista como um título importante para diminuir a pressão sobre os jogadores. A última taça levantada pelo time foi o Brasileiro de 2008.

- É um campeonato que vai nos dar tranquilidade para o Brasileiro e o restante da Copa do Brasil.

O regulamento é o mesmo das quartas de final: jogo único e, em caso de empate, a decisão da vaga na final será nos pênaltis. 

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X SANTOS

Data: 30 de abril de 2011 (sábado)
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Luis Alexandre Nilsen (SP) e Mauro André de Freitas (SP)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Xandão, Alex Silva e Miranda; Jean, Casemiro, Carlinhos Paraíba, Ilsinho e Juan; Marlos e Dagoberto
Técnico: Paulo César Carpegiani

SANTOS: Rafael; Jonathan, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Danilo, Elano e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Zé Eduardo
Técnico: Muricy Ramalho