Esportes

Willian vira herói, tira Corinthians do sufoco e garante vaga na semifinal

Da Redação ·
 William chuta no ângulo para dar vitória e vaga na semi ao Corinthians
fonte: Sergio Barzaghi/Gazeta Press
William chuta no ângulo para dar vitória e vaga na semi ao Corinthians

O Corinthians estava com a classificação para as semifinais do Campeonato Paulista ameaçada, mas o atacante Willian saiu do banco de reservas e marcou um golaço no segundo tempo, ajudando o clube a vencer o Oeste por 2 a 1, no Pacaembu, e continuar vivo pelo título da competição.

continua após publicidade

O Timão abriu o placar no início da partida, com Liedson, e teve chances de aumentar a vantagem ainda no primeiro tempo. Mal nas finalizações, o time não marcou e permitiu o empate quase no intervalo, por meio de Fábio Santos. Após perder muitas oportunidades na etapa final, o Timão finalmente chegou ao gol da vitória, com Willian.

Agora, o Alvinegro enfrentará o vencedor do confronto entre Palmeiras e Mirassol, que se enfrentam neste domingo (24). Como participou da Pré-Libertadores, o Corinthians não disputou a Copa do Brasil e restringe suas esperanças do primeiro semestre ao Paulistão.

continua após publicidade

Ainda que o técnico Luís Carlos Martins tenha prometido que seu time não jogaria fechado, o Oeste entrou em campo justamente com esse objetivo. Tanto que logo nas primeiras movimentações, o goleiro Fábio segurou o jogo na sua área para atrasar a reposição de bola.

Mas a tática corintiana de abafo foi mais eficiente e, como o elenco projetava durante a semana, o gol saiu rapidamente. Aos 9min, o volante Paulinho deixou Liedson na entrada da área, o atacante tocou na saída do goleiro e encerrou o jejum de três jogos sem marcar.

O Corinthians poderia ter ampliado a vantagem aos 27min, mas falhou. Liedson ficou com sobra de cruzamento dentro área e, cercado pelo goleiro, atrasou para Bruno César. O meia pegou de primeira e viu a defesa salvar aquele que seria o segundo gol em cima da linha.

continua após publicidade

Enquanto o Oeste tinha dificuldade para sair de trás e abusava de impedimentos, os donos da casa tinham bom volume de jogo. A dez minutos do fim do primeiro tempo, Jorge Henrique driblou a defesa em diagonal e chutou com perigo, da entrada da área, à direita do alvo.

O vacilo custou caro. Já nos acréscimos, após lançamento do campo de defesa, o atacante Fábio Santos pegou de muito longe e igualou o placar. Em seguida, o artilheiro do Oeste recebeu cartão amarelo por provocar a torcida do Corinthians durante a comemoração do gol.

No retorno do intervalo, Bruno César se envolveu em duas jogadas polêmicas. Depois de pedir pênalti inexistente no lado direito da área, o meia corintiano acertou uma cotovelada em Dionísio, que precisou deixar o gramado para ser atendido, mas retornou à partida.

continua após publicidade

Pouco depois, o técnico Tite foi obrigado a mexer no Corinthians. Dentinho saiu machucado para entrar Willian. Apesar da baixa, a equipe cresceu com apoio da torcida, e Alessandro perdeu duas chances - uma defendida por Fábio e outra cortada pela zaga.

Acuado, o Oeste voltou a salvar um gol em cima da linha. Liedson avançou com liberdade pela esquerda e chutou cruzado. No rebote, com Fábio já batido no lance, Bruno César dominou e bateu firme, porém acertou Paulo Miranda, que afastou o perigo da área.

continua após publicidade

A sorte parecia estar contra o Corinthians. Mas só parecia. Aos 19min do segundo tempo, Chicão correu com a bola dominada e abriu para Willian na direita. O atacante passou pelo marcador com uma meia-lua e soltou a bomba, colocando o time de novo à frente.

Na metade do segundo tempo, Tite sacou Bruno César e Jorge Henrique e colocou em campo Morais e Danilo, para dar novo gás ao Corinthians na tentativa de segurar ou até ampliar a diferença. Luís Carlos Martins, por sua vez, substituiu Fábio Santos por Alex Willian. O jogo perdeu qualidade, mas, encolhido, o Corinthians conseguiu assegurar a classificação.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 1 OESTE

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 22 de abril de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Sálvio Spínola Fagundes Filho
Renda: R$ 932.511,00
Público: 31.192 no total
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Anderson José de Moraes Coelho
Assistentes adicionais: Robério Pereira Pires e Raphael Claus
Cartões Amarelos: Jorge Henrique e Willian (Corinthians); Adriano e Marino (Oeste)

Gols: CORINTHIANS: Liedson, aos 8min do primeiro tempo, e Willian, aos 19min do segundo tempo
OESTE: Fabio Santos, aos 46min do primeiro tempo

CORINTHIANS: Júlio César; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Bruno César (Morais) e Jorge Henrique (Danilo); Dentinho (Willian) e Liedson
Técnico: Tite

OESTE: Fábio; Adriano, Cris e Paulo Miranda; Dedê (Reinaldo), Dionísio, Márcio Passos (Mazinho), Marino, Roger e Fernandinho; Fábio Santos (Alex William)
Técnico: Luis Carlos Martins