Esportes

Flu destaca superação e contém euforia após goleada

Da Redação ·
 Jogadores comemoram o primeiro gol do Fluminense contra o Americano
fonte: Agência Photocâmera
Jogadores comemoram o primeiro gol do Fluminense contra o Americano

Depois de golear o Americano por 5 a 1, de virada, em Macaé, pela Taça Rio, o Fluminense já projeta a última rodada do segundo turno, no qual terá pela frente o Nova Iguaçu, no próximo domingo, no Engenhão, quando tentará assegurar sua vaga nas semifinais. Apesar do bom resultado obtido no último domingo, o técnico interino Enderson Moreira conteve a euforia da equipe e lembrou que o objetivo ainda não foi conquistado.


"Quando você passa por resultados adversos, isso cria talvez uma expectativa e um laço entre os atletas, de tentarem se recuperar e de fazer coisas melhores, principalmente. Apesar da vitória, a classificação ainda depende da última rodada e a gente tem que estar focado nisso", afirmou o treinador, lembrando que o Fluminense voltou a vencer depois de ter sido derrotado pelo Nacional, no Uruguai, na última quarta-feira, quando ficou em situação ainda mais complicada na Copa Libertadores da América.


O meia Marquinho, que entrou no lugar de Deco durante o jogo contra o Americano, admitiu que o time tricolor ficou abatido com a derrota diante do Nacional e precisava de um novo triunfo para recuperar a moral. "O time sentiu muito a derrota do último jogo, contra o Nacional, não tem como negar isso. A gente voltou na viagem de quinta-feira realmente cabisbaixo, sabendo que tinha feito um trabalho ruim, principalmente no segundo tempo (quanto tomou os dois gols da derrota por 2 a 0)", disse o jogador, para depois destacar o poder de reação do Fluminense diante do Americano.


"Acabou que eles conseguiram fazer um gol, coisa que a gente falou para não deixar, mas infelizmente aconteceu. Mas, depois, mais uma vez a superação entrou em campo, que é uma característica do grupo, que tem uma força de reação incrível. A gente mostrou qualidade e na hora que precisa o grupo aparece", comentou.


Com a vitória sobre o Americano, o Fluminense ficou na liderança do Grupo B da Taça Rio, com 14 pontos, empatado com o Olaria, o vice-líder. Com isso, dependerá apenas dele próprio para avançar à semifinal no próximo domingo. Na Libertadores, porém, o time está em situação muito complicada, na lanterna do Grupo 3. Com isso, terá de vencer o Argentinos Juniors no próximo dia 20, na Argentina, e ainda torcer para o Nacional não bater o líder América-MEX, no Uruguai, no mesmo dia.

continua após publicidade