Esportes

'É um sonho para mim estar no Corinthians', diz Adriano

Da Redação ·
Adriano foi apresentado oficialmente no início da tarde quinta-feira, no CT Joaquim Grava, como novo reforço do Corinthians. Sem a festa que era esperada anteriormente, tendo em vista o quilate do atacante, o jogador teve uma chegada discreta ao clube, que proibiu a entrada de torcedores no evento de apresentação. Mas, apesar da falta de badalação do evento, o atacante chegou otimista e prometendo empenho para conquistar o torcedor corintiano. Conhecido por ser um flamenguista declarado, o jogador fez questão de tentar estreitar a sua relação com os torcedores corintianos. "É um prazer fazer parte dessa família do Corinthians. É um sonho para mim estar aqui. Vou fazer tudo para entrar no coração dos torcedores, que para mim é o mais importante", afirmou Adriano, em suas primeiras palavras como jogador corintiano. E Adriano destacou que espera fazer de sua passagem pelo Corinthians um trampolim para o seu retorno à seleção brasileira. "Eu fiquei um ano sem fazer um gol e estou muito ansioso para poder voltar e para poder treinar. Tive uma lesão recente (no ombro), que está atrapalhando um pouco, mas estou bem recuperado. O meu objetivo é voltar à seleção brasileira e tenho certeza de que posso fazer isso. Tenho uma força muito grande. Determinação e empenho da minha parte vai ter sempre. É só eu voltar ao meu ritmo que com certeza a torcida do Corinthians vai ter muitas alegrias", reforçou. O jogador ainda destacou que o fato de muitos duvidarem da possibilidade de ele voltar a atuar o seu melhor futebol o motiva ainda mais para brilhar com a camisa corintiana. E ele nega que esta seja a sua última grande chance como jogador de futebol. "Eu não penso assim, sei a força que eu tenho e nunca deixei de enfrentar as minhas barreiras de sempre. No Flamengo falaram que eu estava acabado e eu calei a boca de todo mundo. Eu vim ao Corinthians para vencer e chegar ao meu objetivo, que é a seleção brasileira", enfatizou novamente. Adriano ainda admitiu que se sentiu magoado por não ter sido procurado pelo Flamengo após sua volta ao Brasil, depois de ele rescindir o seu contrato com a Roma. "O Flamengo foi um clube que fez parte da minha vida, a gente fica um pouco triste, mas hoje estou muito mais feliz no Corinthians. Agradeço aos torcedores do Flamengo por todo o carinho, mas hoje estou no Corinthians", esclareceu. CHEGADA SEM FESTA - O Corinthians chegou a tentar viabilizar a apresentação no Museu do Ipiranga, em São Paulo, mas recebeu uma negativa dos diretores do local, que temiam os efeitos que a presença de torcedores corintianos poderiam causar ao seu acervo. O São Paulo, por exemplo, fez uma recepção de gala para o atacante Luís Fabiano, que foi apresentado oficialmente como reforço na última terça-feira, no Morumbi, com a presença de cerca de 45 mil torcedores, segundo informou o clube. Acompanhado pelo presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, Adriano já chegou ao evento de apresentação vestindo a camisa corintiana, trazendo o seu nome e o número 10 nas costas. Um vídeo sobre o atleta também foi apresentado para abrilhantar a discreta apresentação. Ronaldo, agora ex-jogador e que convenceu Adriano a atuar no Corinthians, também recepcionou o atacante. O atleta ainda se recupera de uma lesão no ombro e retorna nesta sexta-feira ao Rio de Janeiro, onde dará prosseguimento ao processo de fisioterapia e de recondicionamento físico. Como ele não pode ser inscrito no Campeonato Paulista, ele terá tempo de sobra para se recuperar e estar em campo na estreia da equipe no Campeonato Brasileiro, no dia 22 de maio, contra o Grêmio. "Eu vou fazer minha recuperação por aqui. Amanhã (sexta) vou voltar ao Rio para terminar de fazer a mudança e o presidente do clube me deu alguns dias para poder resolver isso por lá", disse.

O contrato de Adriano com o Corinthians vai até junho de 2012 e contém cláusulas que permitem multas e rescisão antecipada em caso de o jogador não cumprir as suas obrigações. "Fiz um contrato não muito prolongado, pois esse ano vai ser muito importante e tem tudo para depois aumentar o contrato, mas eu tenho que mostrar o meu potencial no Corinthians para estender o meu contrato", comentou o goleador.

continua após publicidade