Esportes

Inter festeja atuação e vaga próxima na Libertadores

Da Redação ·

Com a vitória por 3 a 0 sobre o Jorge Wilstermann, na última quarta-feira à noite, no Beira-Rio, o Internacional assumiu a liderança isolada do Grupo 6 da Copa Libertadores e ficou muito próximo de assegurar classificação às oitavas de final do torneio continental. O objetivo quase assegurado e a atuação diante do rival boliviano em Porto Alegre foram exaltados pelo técnico Celso Roth, por jogadores e dirigentes após o confronto. "Acho que o Internacional produziu bem no primeiro e no segundo tempo. Foi um time equilibrado, e isso foi primordial", comemorou Roth, que voltará a comandar o Inter na Libertadores já na próxima quarta-feira, contra o Jaguares, no México. O zagueiro Bolívar destacou que a equipe precisará repetir o bom futebol exibido no Beira-Rio para não atuar pressionado na rodada final do Grupo 6, agendada para o dia 19 de abril, quando o time gaúcho voltará a atuar em casa, desta vez contra o Emelec, do Equador. "Foi uma grande partida e fiquei também feliz pelo futebol que a equipe realizou. Espero dar continuidade e que o time continue com um grande futebol para buscar a classificação", ressaltou o defensor. Já o presidente do Internacional, Giovanni Luigi, admitiu que o Jorge Wilstermann é um rival frágil e não pode servir como referência para medir o real poderio do time brasileiro, mas lembrou que a equipe começa a embalar na competição continental. "Logicamente que não é um duelo que a gente possa fazer a dimensão da capacidade do Inter no futuro. Mas algumas definições começam a mostrar resultado", disse o dirigente.

continua após publicidade