Esportes

Com festa, Luís Fabiano é apresentado no Morumbi

Da Redação ·
O atacante Luís Fabiano reiniciou nesta terça-feira sua vida como jogador do São Paulo. Ele foi oficialmente apresentado no Estádio do Morumbi com direito a show pirotécnico, música e a presença de milhares de torcedores nas arquibancadas, com a mensagem "Fabuloso, bem vindo ao Soberano" registrada nos telões. A festa se estendeu ao goleiro e capitão Rogério Ceni, que alcançou a marca histórica de 100 gols em sua carreira, no clássico com o Corinthians, no domingo. O goleiro recebeu uma placa, afixada em uma guitarra, em uma homenagem da diretoria do clube. Mestre de cerimônias, ao lado do apresentador César Filho, Rogério Ceni recepcionou Luís Fabiano no campo. Com as luzes do estádio apagadas, eles entraram juntos e correndo cada um com uma camisa em homenagem ao atacante, entre fogos de artifício fincados no gramado. No palco, montado em frente a uma das traves, Luís Fabiano recebeu do presidente Juvenal Juvêncio a camisa de número 9, que utilizou em sua primeira passagem pelo São Paulo. "Disse a um repórter, quando saí, que um dia ia voltar, e estou realizando isso. Desde a chegada no aeroporto o carinho foi grande e espero corresponder a tudo, com muita dedicação e muitos gols. Venho aqui para conquistar muitas coisas com meus companheiros. Isso vai ficar marcado para sempre na minha vida", declarou o atacante. Juvenal aproveitou a apresentação do novo reforço para homenagear Rogério Ceni. "Eu dizia para você, meu caro Rogério, que, quando fizesse 100 gols, o que ficará marcado não será exatamente a vitória, ainda que o adversário tenha sido quem foi. O que vai marcar definitivamente é o ato maiúsculo de um atleta que foi contratado para jogar com as mãos, mas fez 100 gols com os pés", afirmou o dirigente. O goleiro agradeceu a homenagem. "Tenho hoje aqui as duas coisas mais importantes na minha vida: minha família e vocês, a torcida são-paulina. Hoje vocês são os maiores. Não há igual no Brasil. O que está acontecendo aqui hoje jamais acontecerá novamente", declarou. A torcida, que compareceu em bom número, exaltou o atleta com gritos de guerra. Com entrada gratuita, o evento contou com a presença estimada de 25 mil torcedores, o maior público em uma apresentação de jogador no Brasil. Antes cerca de 6 mil foram ver a chegada de Ronaldo no Corinthians e 20 mil com Ronaldinho Gaúcho, no Flamengo. O único problema nesta terça foi a chuva, fraca e irregular. Mas não atrapalhou a festa nas arquibancadas. O evento teve início com a bateria da escola de samba e torcida organizada Tricolor Independente. Os torcedores, que levaram muitas bandeiras (com mastros de bambu, proibidos nos jogos pela Polícia Militar), tiveram shows de grupos musicais como Jairzinho, Max B.O. (com uma música especial para o atacante), Andreas Kisser, Nando Reis, Gangue Selvagem e Planta & Raiz. A campeã olímpica Maurren Maggi também esteve presente no palco.
continua após publicidade