Esportes

Agora no Corinthians, Adriano promete calar os críticos

Da Redação ·
De volta ao Brasil menos de um ano depois de deixar o Flamengo e acertar com a Roma, Adriano faz pouco caso dos críticos. Em entrevista à Rede Globo, o novo atacante do Corinthians garantiu que adora escutar críticas porque consegue dar a volta por cima depois. "Eu já escutei muitas coisas, que sou vagabundo, que não presto, que não vai adiantar (dar a ele uma nova chance). Eu adoro isso. No fim tem um gostinho diferente", garantiu o atacante, que retorna pela terceira vez ao Brasil. Antes, passou com sucesso pelo São Paulo e pelo Flamengo, mas decepcionou nas duas voltas à Itália, na Inter de Milão e na Roma. Quando perguntado sobre as constantes ausências e atrasos nos treinos nos últimos clubes em que jogou e se repetiria isso no Corinthians, Adriano não quis prometer nada: "Vou fazer o possível", disse, antes de abrir um sorriso. Com a camisa 10 do Corinthians no colo, o atacante, que deverá ser apresentado na terça-feira, foi questionado sobre o seu peso. E não negou que precisa emagrecer. "Mas eu não esquento. Todo mundo fala um monte de coisa. 'Ah, você está gordo', mas é normal, eu estou parado já há quase três meses, e o ombro impede de fazer muita coisa", explicou Adriano, que passou recentemente por uma cirurgia no ombro direito. Ídolo do Flamengo, onde foi revelado e conquistou, na sua volta, o título brasileiro de 2009, Adriano não esconde que esperava uma proposta da diretoria rubro-negra, como queria boa parte da torcida. "Fiquei um pouquinho (triste), não tem como não ficar. Quando cheguei falei: quero voltar ao Flamengo. Mas isso não aconteceu. Respeito a decisão do Flamengo. Triste fico com certeza, por tudo que eu fiz pelo Flamengo, e até pelo que o Flamengo fez por mim."
continua após publicidade