Esportes

Mano elogia Lucas, mas pede calma com são-paulino

Da Redação ·
O meia Lucas atuou por apenas 18 minutos no amistoso da seleção brasileira com a Escócia, mas chamou a atenção pelas chances de gol criadas na vitória por 2 a 0, em Londres. Apesar de ter ficado satisfeito com o desempenho do jogador são-paulino, o técnico pediu calma com avaliações e cobranças para que a promessa assuma a condição de titular. "Estou tendo o cuidado de não fazer tudo ao mesmo tempo, porque os jogadores possuem muito talento, mas também são muitos novos, como o é o caso do Lucas. É preciso ter estabilidade para eles entrarem durante os jogos. Tenho certeza que ele tem muito a dar pela seleção", afirmou, em entrevista ao SporTV. Agora, a seleção brasileira voltará a jogar em junho em amistoso contra Holanda, em Goiânia, e depois contra a Romênia, em São Paulo. "Vamos voltar para casa em junho e oferecer ao torcedor algo como uma revanche contra a Holanda, mesmo que não dê para comparar isso", disse. Mano avisou que a convocação para os dois amistosos no Brasil servirão como uma prévia para a Copa América, que será realizada em julho na Argentina. "O grupo de jogadores para esses dois amistosos, com a proximidade da Copa América, até pelo bom senso, diz que eu devo levar algo mais próximo da lista final, com raras exceções", comentou.
continua após publicidade