Esportes

Guilherme diz que chega ao Atlético-MG para fazer gols

Da Redação ·
Apresentado oficialmente pelo Atlético Mineiro nesta sexta-feira na Cidade do Galo, Guilherme se declarou honrado por chegar no dia em que o clube comemora os 103 de anos da sua fundação. "Para mim, é uma honra ser apresentado justamente no dia do aniversário do clube", afirmou o atacante, que prometeu chegar para ser o principal responsável pelos gols do time em 2011 e garantiu que pode desempenhar diversas funções no setor ofensivo. "O objetivo é fazer gols. Já joguei como atacante enfiado, saindo da área ou como meia, mas sempre com o propósito de fazer gols. Essa uma questão para Dorival, que vai ver a melhor forma de me encaixar na equipe, mas, antes, tenho que trabalhar muito porque aqui tem outros atacantes que estão atuando e que eu respeito muito. Quando eu tiver a minha oportunidade, o Dorival vai definir", comentou. O atacante garantiu que compensará o alto investimento feito pelo Atlético para contratá-lo. "A responsabilidade já existiria mesmo se ele não tivesse ido e feito todo esse esforço. Mesmo assim, eu teria que dar a retribuição, então, me sinto honrado porque sei que foi uma viagem desgastante que ele fez para a Ucrânia e uma negociação muito difícil. Então, me sinto honrado e preparado para dar retorno em campo. Espero poder dar esse retorno ao Clube com gols e títulos", afirmou. Guilherme garantiu estar bem condicionado fisicamente, mas evitou fazer uma previsão sobre a sua estreia no Atlético-MG. "O clima, os treinos, tudo é muito diferente na Europa, mas creio que o mais rápido possível eu já esteja readaptado. Eu vinha fazendo as atividades, participando dos jogos e treinando normalmente, então, vamos espera as avaliações para ver em que nível estou, mas espero poder atuar o mais breve possível", disse. VALORES - Diretor de futebol do Atlético-MG, Eduardo Maluf explicou os detalhes da transação para repatriar Guilherme, que deixou o Cruzeiro em 2008 para defender o Dínamo de Kiev, e também teve uma passagem pelo CSKA Moscou. O time ucraniano receberá 6 milhões de euros pela liberação do atacante. E o clube contou com o apoio dos parceiros BMG e Traffic na negociação. "Compramos o Guilherme por 6 milhões de euros, uma das três ou quatro maiores contratações do futebol brasileiro. No momento em que o Atlético mais precisou, teve parceria dos investidores, BMG e Traffic. No último momento de fazer o acerto, o presidente ligou para o presidente da Traffic e foi prontamente atendido. O Atlético ficou com 60% dos direitos econômicos do jogador, o BMG com 25% e a Traffic com 15%. É um jogador que chega ao Clube com toda possibilidade de se tornar ídolo e, sem sombra de dúvida, é a grande contratação no dia do aniversário do Atlético", disse. O dirigente revelou que a negociação com o Dínamo de Kiev foi complicada, mesmo com a ida do presidente Alexandre Kalil para a Ucrânia. "Acho que o Guilherme é uma das grandes contratações do futebol brasileiro esse ano. Diversos clubes do Brasil tentaram contratá-lo e tivemos muita dificuldade em concretizar essa negociação. O presidente Alexandre Kalil ficou três ou quatro dias na Ucrânia e conseguimos trazer o Guilherme, um jogador de 22 anos e com nível de seleção brasileira", declarou.
continua após publicidade