Esportes

Dallas supera Minnesota e alcança 50ª vitória na NBA

Da Redação ·
O Dallas Mavericks derrotou o Minnesota Timberwolves por 104 a 96, na noite de quinta-feira, em casa, e conquistou a 50ª vitória na temporada 2010/2011 da NBA. Já classificada para os playoffs, a equipe conseguiu atingir a expressiva marca pelo 11º campeonato consecutivo e manteve a perseguição ao Los Angeles Lakers, vice-líder da Conferência Oeste. Para vencer, o Dallas contou com atuação brilhante de Dirk Nowitzki, que conseguiu um "double-double", com 30 pontos 11 rebotes. Jason Terry, com 18 pontos, Shawn Marion, com 17, e Peja Stojakovic, com 16 também tiveram boa atuação. O Timberwolves não contou com Kevin Love e sofreu a quinta derrota consecutiva na temporada, permanecendo com a pior campanha da Conferência Oeste da NBA. Titular pela primeira vez desde a sua contratação junto ao New York Knicks, Anthony Randolph anotou 31 pontos, sendo 23 no primeiro tempo e 17 no segundo quarto, e ainda obteve 11 rebotes. O New Orleans Hornets superou o Utah Jazz por 121 a 117, fora de casa, em duelo definido apenas na prorrogação. Emeka Ofor converteu um arremesso no instante final do último quarto para levar o duelo para o tempo extra e Aaron Gray anotou seis pontos na prorrogação para garantir a vitória do Hornets. David West fez 29 pontos, Chris Paul anotou 24, sendo cinco na prorrogação, e Trevor Ariza marcou 14, incluindo uma cesta de três pontos no tempo extra. Paul Millsap, do Jazz, foi o cestinha da partida com 33 pontos. Jogos de 25 de março:

Indiana Pacers x Sacramento Kings

Orlando Magic x New Jersey Nets

Boston Celtics x Charlotte Bobcats

Cleveland Cavaliers x Detroit Pistons

Miami Heat x Philadelphia 76ers

New York Knicks x Milwaukee Bucks

Chicago Bulls x Memphis Grizzlies

Oklahoma City Thunder x Minnesota Timberwolves

Denver Nuggets x Washington Wizards

Phoenix Suns x New Orleans Hornets

Portland Trail Blazers x San Antonio Spurs

Golden State Warriors x Toronto Raptors

Los Angeles Lakers x Los Angeles Clippers

continua após publicidade