Esportes

Vasco lança camisa e faz campanha contra racismo

Da Redação ·
O Vasco lançou nesta quinta-feira seu terceiro uniforme. Em evento que contou com a participação do presidente Roberto Dinamite, o clube mostrou sua nova camisa, inteira preta, que foi usada pelo clube como um instrumento para fazer campanha contra o racismo. Em nota publicada em seu site oficial, o Vasco destaca que o lançamento do novo uniforme, batizado de "Camisa Negra", lembrou um episódio ocorrido em 1924, quando o então presidente do clube, José Augusto Prestes, desistiu de se filiar à Associação Metropolitana de Esportes Atléticos (AMEA) pelo fato de a organização ter pedido pela retirada de 12 jogadores negros do time. "Esse novo terceiro uniforme dá às novas gerações a possibilidade de conhecer e discutir um assunto que se passou em 1924, mas que é motivo de orgulho até hoje, para todo vascaíno, porque ele trata do processo de democratização no esporte, que impôs o respeito à igualdade e o direito à cidadania. Esta camisa representa bem a história do Vasco", declarou Dinamite no evento desta quinta. Antes do lançamento oficial, foi organizado um simpósio sobre o racismo, com integrantes de entidades que lutam contra este preconceito e a presença do principal dirigente vascaíno. A nova camisa é inteira preta, com golas brancas e uma pequena cruz de malta ao centro, que aparece com menos destaque dos que os patrocinadores que a cercam.
continua após publicidade