Esportes

Tite admite conversa com Andrés Sanchez sobre Adriano

Da Redação ·
Apesar da boa vitória sobre o Oeste, na última quarta-feira, por 3 a 0, que colocou o Corinthians na liderança isolada do Campeonato Paulista e classificou o time para a próxima fase por antecipação, o assunto mais falado pelo técnico Tite após a partida foi outro: Adriano. O treinador admitiu que já conversou com o presidente Andrés Sanchez sobre o jogador e demonstrou interesse em contar com ele. "Todos os atletas que vêm para o Corinthians eu converso com a diretoria, então estamos em sintonia. Inclusive sobre o Adriano", afirmou o técnico, que ainda revelou que não havia pedido a contratação do atacante, mas ficou feliz com a boa possibilidade de um clube trazê-lo para esta temporada. "O técnico não é o dono de clube. Ele tem que estar à mercê da filosofia, da hierarquia de direção que contrata os jogadores. Eles, às vezes, são investimentos que o clube precisa", declarou o comandante. Adriano aceitou na última quarta-feira os termos propostos pelo clube - por meio da empresa do ex-jogador Ronaldo - e pode assinar até esta sexta-feira um contrato de nove meses com o Corinthians. O acordo já está apalavrado. Neste domingo, em Barueri, o time corintiano tem compromisso importante contra o São Paulo, que perdeu na última quarta-feira para o Paulista por 3 a 2. Apesar da derrota, o goleiro Rogério Ceni chegou a seu 99.º gol e pode marcar o centésimo justamente contra o rival. Mesmo com esta possibilidade, o técnico Tite minimizou o assunto e afirmou que não teve nenhuma conversa com o goleiro Júlio César sobre a responsabilidade do momento. "Não é Júlio César contra Rogério. É Corinthians contra São Paulo. Essa é a grandeza do jogo", concluiu.
continua após publicidade