Esportes

Nenê vence Tiago Splitter em duelo brasileiro na NBA

Da Redação ·
Nenê Hilário superou Tiago Splitter em duelo de pivôs brasileiros, na noite de quarta-feira, na NBA. Em casa, o Denver Nuggets superou o San Antonio Spurs por 115 a 112, com um cesta anotada por Wilson Chandler quando faltavam 29,3 segundos para o final do duelo. Esta foi a primeira partida do Spurs desde a lesão sofrida por Tim Duncan no tornozelo esquerdo, na segunda-feira. Ele foi substituído por Splitter, que atuou por 17 minutos, com quatro pontos, sete rebotes e uma assistência. Gary Neal, com 25 pontos, Antonio McDyess, com 13 pontos e 12 rebotes, foram os destaques do Spurs. Já Nenê Hilário somou dez rebotes, oito pontos e duas assistências nos 33 minutos em que permaneceu em quadra pelo Nuggets. Al Harrington foi o cestinha da partida com 27 pontos. O Toronto Raptors chegou a abrir uma vantagem de 13 pontos, mas perdeu de virada para o Phoenix Suns por 114 a 106, fora de casa. Além de reverter a vantagem do Raptors, o Phoenix precisou superar o cansaço para vencer, já que havia disputado na noite anterior uma batalha contra o Los Angeles Lakers, definida apenas na terceira prorrogação. Aaron Brooks foi decisivo para o triunfo do Suns ao anotar 25 pontos, incluindo uma cesta de três pontos quando faltavam 54,9 segundos para o final do duelo e fez sua equipe abrir 110 a 105. O italiano Andrea Bargani fez 27 pontos para o Raptors e o brasileiro Leandrinho Barbosa anotou 14 pontos, obteve um rebote e deu uma assistência nos 22 minutos em que permaneceu em quadra. O Boston Celtics desperdiçou a chance de reassumir a liderança da Conferência Leste da NBA ao perder para o Memphis Grizzlies por 90 a 87, em casa. Agora, a equipe soma 50 vitórias e 20 derrotas. Já o Chicago Bulls, que está em primeiro lugar, tem 51 triunfos em 70 partidas. Marc Gasol, conseguiu um "double-double", com 11 pontos e 11 rebotes. Já Zach Randolph e Leon Powe anotaram 13 pontos cada para o Grizzlies. Paul Pierce foi o cestinha da partida com 22 pontos, mas errou um arremesso de três pontos no segundo final que levaria o duelo para a prorrogação. O Miami Heat derrotou o Detroit Pistons por 100 a 94, fora de casa, com uma virada no último quarto. No período final da partida, a equipe anotou os 15 primeiros pontos e abriu sete de vantagem (88 a 81). O triunfo confirma a recuperação da equipe, que sofreu cinco derrotas seguidas, mas agora soma seis triunfos nos últimos sete jogos. Dwyane Wade foi o principal destaque do Heat ao anotar 24 pontos. Richard Hamilton foi o cestinha do duelo com 27 pontos e Greg Monroe conseguiu um "double-double" com 14 pontos e 12 rebotes. Resultados de 23 de março:

Charlotte Bobcats 88 x 111 Indiana Pacers

Cleveland Cavaliers 94 x 98 New Jersey Nets

Philadelphia 76ers 105 x 100 Atlanta Hawks

Boston Celtics 87 x 90 Memphis Grizzlies

Detroit Pistons 94 x 100 Miami Heat

New York Knicks 99 x 111 Orlando Magic

Milwaukee Bucks 90 x 97 Sacramento Kings

Oklahoma City Thunder 106 x 94 Utah Jazz

Houston Rockets 131 x 112 Golden State Warriors

Phoenix Suns 114 x 106 Toronto Raptors

Denver Nuggets 115 x 112 San Antonio Spurs

Los Angeles Clippers 127 x 119 Washington Wizards Jogos de 24 de março:

Dallas Mavericks x Minnesota Timberwolves

Utah Jazz x New Orleans Saints

continua após publicidade