Esportes

Nadal vence Djokovic em exibição na Colômbia

Da Redação ·

Incentivado pelo público colombiano, o espanhol Rafael Nadal se "vingou" da derrota sofrida para Novak Djokovic na final do Masters 1000 de Indian Wells ao derrotar o tenista sérvio por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/3, em uma partida de exibição realizada na cidade de Bogotá na noite de segunda-feira. Djokovic venceu o espanhol por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/2 no domingo, na final do Masters 1000 de Indian Wells, e acumulava 18 triunfos e nenhuma derrota nesta temporada, todas em partidas oficiais. A invencibilidade total é de 20 partidas, já que o sérvio também venceu dois jogos da Copa Davis contra a França, em dezembro de 2010. A derrota de segunda-feira, porém, não conta para as estatísticas oficiais. O primeiro set da partida foi muito equilibrado e sem quebras de serviço. No tie-break, Nadal abriu 3/0, mas Djokovic conseguiu empatar em 3/3. Porém, o espanhol triunfou por 7/5. Na segunda parcial, Nadal abriu 2/0 com uma quebra de serviço, que foi devolvida pelo sérvio, que empatou em 3/3. Porém, com mais uma quebra, o espanhol triunfou por 6/3. O presidente colombiano Juan Manuel Santos entregou o troféu pela vitória a Nadal. "Eu tenho muito boa condição física e com meus 24 anos eu já consegui alcançar muitas metas, mas sei que há gente como quem está ao meu lado [Djokovic], que considero ser o maior candidato a ser o número 1 do mundo", afirmou o espanhol, apontado o sérvio como ameaça ao seu posto de líder do ranking da ATP. "Rafael é o oponente mais perigoso, mais do que Roger Federer", assinalou Djokovic, que é o número 2 do mundo. "Tenho tempo para chegar a ser o número 1, mas também há grandes jogadores como Rafa que é o melhor agora e todos estamos tentando desafiá-lo", disse o sérvio. "Estou jogando o melhor tênis da minha vida nos últimos meses e espero continuar neste nível".

continua após publicidade